Inovação e Tecnologia Educacional

Apresentação do Programa

O programa de Inovação e Tecnologia Educacional é uma titulação universitária voltada principalmente para o desenvolvimento das competências digitais dos professores do século XXI e a aplicação da tecnologia na educação.

O objetivo desta formação é capacitar profissionais de educação capazes de projetar e aplicar experiências de treinamento criativas mediadas pelas TIC e ajustadas às necessidades de aprendizagem dos diferentes e variados contextos educacionais em que podem se encontrar. Para isso, teoria e prática são integradas e significativamente inter-relacionadas.

O programa é oferecido totalmente à distância, a fim de facilitar o acesso a essa formação especializada para pessoas as quais, de outra forma, seriam impossíveis. Todas as atividades formativas ocorrem em um campus virtual projetado pedagogicamente com esse objetivo.

A quem é dirigido

Graduados e licenciados em qualquer área do conhecimento que se dedicam ou desejam se dedicar ao ensino e queiram receber treinamento específico sobre a implementação de tecnologias educacionais.

Titulação

A conclusão bem sucedida do programa permitirá ao aluno obter o título de Especialista em Inovação e Tecnologia Educacional, emitido pela Universidade Europeia do Atlântico.

Objetivos

Objetivos específicos

  • Que os alunos possam comparar, selecionar e adaptar as diferentes ferramentas de TIC à necessidade de um ambiente educacional específico.
  • Que os alunos sejam capazes de relacionar os mecanismos de gestão do conhecimento com os processos pedagógicos e identificar estratégias de inovação para o contexto educacional.
  • Que os alunos sejam capazes de relacionar as teorias da aprendizagem com o uso, seleção, organização e avaliação das TIC
  • Que os alunos sejam capazes de descrever e avaliar as tecnologias que favorecem o trabalho colaborativo em ambientes virtuais de ensino-aprendizagem.
  • Que os alunos possam selecionar e aplicar as diferentes ferramentas e recursos de maneira criativa no desenho de propostas pedagógicas ajustadas ao seu próprio contexto de aprendizagem.
  • Que os alunos possam planejar e avaliar os processos de aprendizagem em ambientes virtuais, levando em consideração o contexto de ensino-aprendizagem, a abordagem metodológica e os interesses, necessidades e estilos de aprendizagem dos alunos.
  • Que os alunos sejam capazes de identificar as características do ensino e da aprendizagem em ambientes virtuais de aprendizagem.

Enfoque Pedagógico

O programa não se limita à mera provisão de conteúdo, mas, como um bom curso presencial, uma série de ações pedagógicas são realizadas com o objetivo de promover a aprendizagem colaborativa (entre alunos e professores). Baseia-se na seguinte abordagem pedagógica:

  • Modelo de formação do tipo colaborativo.
  • Baseado em uma concepção dinâmica e socioconstrutivista de formação e aprendizado.
  • Avaliação dos processos de aprendizagem em relação ao conteúdo.
  • Relevância do processo de aprendizagem em relação ao produto ou ao resultado.
  • Estimulação da reflexão crítica do professor sobre sua prática docente e pensamento pedagógico.
  • Implicação e atenção à natureza global da pessoa no processo de aprendizagem (dimensão afetiva, motivação, etc.).
  • Método de trabalho próximo ao da pesquisa-ação.
  • Grupos interativos e multiculturais.

Este modelo é baseado em quatro eixos: alunos, professores, materiais e atividades, presentes em um campus virtual projetado especificamente para isso.

Sessões ao vivo

Este formação de pós-graduação se destaca por oferecer sessões e workshops ao vivo. Os alunos participam de forma síncrona e em conjunto com o professor e seus colegas de classe em atividades práticas de aplicação. Isso lhes permite experimentar situações de aprendizado inovadoras baseadas no uso das TIC.

Descrições dos Cursos

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA EDUCACIONAL

  1. AS TIC NA SALA DE AULA 

    Aplicações didáticas e uso de recursos. A aula conectada: educar na vida. Um mundo digital: uma cidadania digital responsável. A editora está na sala de aula. Artefatos digitais: usos e possibilidades. Dispositivos TIC.

  2. GESTÃO DO CONHECIMENTO E INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO

    Fundamentos da gestão do conhecimento; Princípios, modelos e processos de gestão do conhecimento; Gestão do conhecimento em educação; Construção do conhecimento em contextos educacionais; Fundamentos da Inovação; Inovação na sociedade do conhecimento; Inovação na educação; Paradigmas da inovação na educação.

  3. AS TIC NA EDUCAÇÃO E AS TEORIAS DA APRENDIZAGEM

    conceitos básicos sobre TIC na educação; Modelos pedagógicos para aplicação das TICs; Teorias da aprendizagem: uma abordagem às TICs; Cognitivismo e tecnologias; Construtivismo e tecnologias; Conectividade e era da informação na rede; O behaviorismo e as TICs; Educação, formação de professores e recursos tecnológicos; Metodologias ativas e educação do século XXI.

  4. ANÁLISE DE RECURSOS TECNOLÓGICOS E DESENHO DE ATIVIDADES CRIATIVAS

    perspectivas didático-tecnológicas - múltiplas alfabetizações (visual, audiovisual, informacional e digital); Apropriação pedagógica de recursos tecnológicos; Recursos tecnológicos na prática educacional; Pedagogia de projetos de trabalho no campo das TIC: preparação, planejamento, execução e desenvolvimento.

  5. O ENSINO EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

    conceitualização da educação a distância; Interatividade e interação mediada por tecnologias; Ambientes virtuais de ensino e aprendizagem; Ambientes e acessibilidade; Características do processo de ensino e aprendizagem em ambientes virtuais; Acompanhamento e avaliação em ambientes virtuais.

  6. AMBIENTES VIRTUAIS DE TRABALHO COLABORATIVO

    a era do conhecimento e da cultura colaborativa: competências necessárias para o trabalho colaborativo na era digital; Ferramentas para trabalho colaborativo em ambientes virtuais; Estruturação e desenvolvimento de uma equipe em ambiente virtual; A aplicação de ambientes virtuais em sala de aula; Estratégias e boas práticas de trabalho colaborativo em ambientes virtuais.

  7. DESENHO DE PROPOSTAS DE FORMAÇÃO COM BASE NAS TIC

    Formação docente e e sociedade do século XXI. Propostas pedagógicas baseadas nas TIC: tipologia e avaliação de propostas de treinamento com TIC. Práticas pedagógicas inovadoras e estratégias de ensino significativas.


Nota: O conteúdo do programa acadêmico pode estar sujeito a pequenas modificações, dependendo das atualizações ou melhorias feitas.

Direção

Direção acadêmica

  • Dra. Silvia Pueyo Villa. Diretora da Área de Línguas e Educação da Universidade Europeia do Atlântico.
  • Dra. Andresa Sartor Harada. Coordenadora e professora de programas de Educação da Universidade Internacional Iberoamericana - UNINI.

Tutorías

  • Dra. Juliana Azevedo. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. Michele Borges. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dr. Yoanky Cordero Gómez. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dr. Kamil Giglio. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dr. Alexander Cordoves. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. Nívia Núñez. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. Viviane Sartori. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. Andresa Thomazzoni. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dr. Óscar Ulloa. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. Cecilia Giuffra Palomino. Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Dra. Carolina Schmitt Nunes. Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Dra. (c) Claudia Cataño. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. (c) Fernanda Fauth. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. (c) Karina Nossar. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dra. (c) Kathilça Souza. Área de Formação de Professores FUNIBER.
  • Dr. (c) Thomas Prola. Área de Formação de Professores FUNIBER.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal da FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário fornecer alguma informação adicional.

Uma vez recebida a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.