Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria

Apresentação do Programa

Na década de 1970, as empresas começaram a considerar os aspectos ambientais dentro de seus processos produtivos. Até então, os danos ambientais produzidos não eram internalizados e o ambiente era considerado uma interferência, um obstáculo a mais para a sua produtividade. Hoje, uma organização não pode se permitir uma visão unidimensional de seu processo produtivo, devendo levar em conta uma variedade de fatores ambientais, sociais, econômicos e éticos. Neste contexto, devido à existência de instrumentos reguladores cada vez mais rigorosos e à tendência que pensa o ambiente como uma oportunidade de negócio e como mais uma ferramenta de marketing para se diferenciar da concorrência, as empresas encontram-se investindo mais em seus esforços para a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável.

Neste sentido, a gestão, a auditoria ambiental e avaliação do impacto ambiental constituem as ferramentas mais utilizadas pelas empresas para garantir o compromisso com o ambiente. A gestão ambiental passa pela inclusão dos custos relacionados nos custos de produção da empresa através de um sistema de gestão integrada, tendo como fim a otimização dos recursos e a proteção do entorno. A auditoria, por outro lado, é uma ferramenta de diagnóstico das consequências que uma atividade tem sobre o ambiente desde a fase de planejamento do projeto até a fase de desmantelamento.

A partir de um enfoque eminentemente prático, a especialização em Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria constitui um modelo ideal para as organizações que precisem formar especialistas integrais na gestão e na avaliação do impacto ambiental, entendendo a sustentabilidade como mais uma oportunidade de negócios através da otimização dos recursos. Especificamente, proporcionam-se as pautas para, de maneira eficaz, implantar um Sistema de Gestão Ambiental na empresa de acordo com a norma ISO 14001 e realizar um Estudo de Impacto Ambiental (EIA) da atividade empresarial através de diversas metodologias, segundo as fases estabelecidas pela legislação vigente.

A quem é dirigido

A especialização em Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria é pensada para satisfazer dois grupos:

  • Pessoas sem título universitário que, por suas características pessoais ou por sua experiência, podem desejar uma formação de qualidade neste campo.
  • Pessoas com título universitário que, além de sua formação base, desejam uma especialização prática em ISO 14001, auditorias 19001 e Avaliação do Impacto Ambiental para poder ampliar suas oportunidades profissionais.

Titulação

Ao finalizar a especialização com êxito, o aluno receberá o título expedido pela Universidade em que tenha se matriculado (UNEATLANTICO e/ou UNINI-PR/USA) com o patrocínio da Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER).

Estrutura do Programa

A duração estimada da especialização em Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria é de, no mínimo, 400 horas (16 créditos).

Sobre a distribuição do tempo, estabelece-se que:

  • Por ser uma especialização a distância e não estar sujeita a classes presenciais, não se estabelece uma data concreta de início, de maneira que o aluno pode formalizar a sua matrícula em qualquer momento, desde que hajam vagas disponíveis.
  • Por motivos acadêmicos e de aprendizagem, dispõe-se de uma duração mínima para a especialização, que é de um mês.
  • O tempo máximo do qual se dispõe para realizar a especialização é de seis meses. Neste período, o aluno deve ter entregar as avaliações correspondentes às três disciplinas.
  • A estrutura de créditos e horas da especialização em Avaliação de Impacto Ambiental e Auditorias é apresentada na seguinte tabela:
  CRÉDITOS DURAÇÃO (meses) HORAS (mínimo)
Disciplinas 16 6 400

Objetivos

Objetivo geral:

  • Definir as bases para a correta implantação de um sistema de gestão ambiental e adquirir os conhecimentos necessários para realizar uma auditoria de avaliação de impacto ambiental em qualquer tipo de empresa.

Objetivos específicos:

Al finalizar el curso, los alumnos deben ser capaces de:

  • Reconhecer a importância de integrar a variável ambiental nas atividades empresariais com a finalidade de adotar boas práticas ambientais.
  • Conhecer os subsistemas que compõem o ambiente e identificar os aspectos fundamentais para alcançar um desenvolvimento sustentável.
  • Conhecer a regulamentação, as etapas envolvidas e a documentação necessária para a implementação da ISO 14001 na empresa.
  • Conhecer o quadro legal e os procedimentos administrativos contemplados no EIA, além de sua adaptação à realidade de cada país.
  • Conhecer as utilidades da auditoria ambiental enquanto instrumento de diagnóstico e os tipos de auditorias existentes conforme as necessidades da empresa.
  • Identificar o melhor enfoque para a implantação do sistema de gestão ambiental.
  • Descrever as características de cada fase do processo de auditoria segundo a norma ISO 19011.
  • Conhecer os diferentes tipos de EIA e identificar os elementos do processo e outros aspectos técnicos contemplados nas etapas do estudo.

Saídas Profissionais

Algumas das saídas profissionais do programa de Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria são:

  • Responsável pela implantação de um SGA ISO 14001 na empresa.
  • Consultor ou assessor ambiental em temas referentes à ISO 14001.
  • Técnico avaliador de Impactos Ambientais.
  • Técnico ambiental em prefeituras e câmaras municipais.
  • Consultor, assessor ou especialista ambiental independente.
  • Docência.

Plano de estudos

A especialização em Avaliação de Impacto Ambiental e Auditoria é composta de três disciplinas e casos práticos relacionados com o tema.

As disciplinas permitem conhecer e compreender, em primeiro lugar, os fundamentos teóricos, conceituais e históricos envolvidos na gestão ambiental da empresa e na avaliação dos impactos ambientais, e, em segundo lugar, sua implementação organizacional, social e tecnológica.

O objetivo é fazer com que os alunos adquiram uma visão global da empresa e das maneiras de avaliar os impactos ambientais do ponto de vista da sustentabilidade e através de diferentes temas multidisciplinares relacionados.

As disciplinas e horas que compõem a especialização são apresentados na seguinte tabela:

DISCIPLINAS CRÉDITOS HORAS UNEATLANTICO (1 cr=25 h)*
Avaliação do Impacto Ambiental 10 250
Sistema de Gestão Ambiental ISO 14001 4 100
Auditorias ambientais 2 50
TOTAL   400

(*) No caso da Universidade Europeia do Atlântico (UNEATLANTICO), 1 crédito equivale a 10 horas de trabalho em classe e 15 horas de trabalho do aluno.

Descrições dos Cursos

  1. AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL

    Proporcionam-se uma série de definições necessárias para relacionar e quantificar, de acordo com a legislação vigente, os diferentes impactos que uma atividade tem sobre o ambiente, as diferentes classificações dos impactos em função do vários critérios e segundo os indicadores que os caracterizam, as metodologias mais habituais que permitirão realizar o estudo das possíveis alterações e, finalmente, as referências aos trâmites administrativos a seguir para a elaboração do relatório de impacto ambiental.

    CONTEÚDOS DA DISCIPLINA:
    Definições. Marco conceitual da avaliação de impacto ambiental: fator, aspecto e impacto ambiental. Elementos intrínsecos ao EIA. O estudo de impacto ambiental: introdução, descrição do projeto e exame de alternativas, identificação e avaliação de impactos, estabelecimento de medidas corretivas e preventivas, plano de acompanhamento e vigilância ambiental, e documento de síntese.
  2. SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ISO 14001

    Descrevem-se os Sistemas de Gestão Ambiental (SGA), uma ferramenta que pretende organizar e formalizar os procedimentos que a empresa realiza ao considerar os aspectos ambientais em todas as suas atividades. Igualmente, são apresentados, de maneira didática e clara, os passos necessários para a implementação deste instrumento de gestão ambiental orientado à proteção do meio ambiente e à redução das barreiras do comércio internacional.

    CONTEÚDOS DA DISCIPLINA:
    Empresa e meio ambiente. O que é um SGA? Para que servem e por que os SGA são implantados? Quem pode implantar um SGA? Partes envolvidas na implantação de um SGA. Como um SGA é implantado? Fases de um SGA: definição e comunicação do projeto. Elaboração do SGA. Revisão ambiental inicial. Política ambiental. Planejamento do sistema. Instalação do SGA. Implementação do SGA. Verificação da adequação e do cumprimento do SGA. Auditoria, revisão e certificação. Escolha do SGA. A norma ISO 14001. Documentação do SGA: manual de gestão ambiental. Procedimentos. Instruções e registros. Controle da documentação. Coincidências e diferenças entre o Sistema de Gestão Ambiental ISO 14001 e o Regulamento Europeu EMAS. Balanço mundial da implantação da norma ISO 14001. Casos práticos. Estudo didático de una implantação.
  3. AUDITORIAS AMBIENTAIS

    Neste tema, estudam-se os termos e conceitos mais habituais empregados na hora de falar sobre Auditorias Ambientais. Depois de conhecer este instrumento de análise da gestão ambiental, descrevem-se seus objetivos e o alcance, assim como os diferentes tipos de auditorias. Também se estudam as fases para realizar uma auditoria ambiental e proporciona-se um manual de auditorias, que é uma ferramenta muito útil para manejar uma grande quantidade de informação, de maneira que os alunos sejam capazes de criar suas próprias fichas e adaptá-las a cada caso específico.

    CONTEÚDOS DA DISCIPLINA:
    Breve história das auditorias ambientais. O que é uma auditoria ambiental? Por que se faz uma auditoria ambiental? Objetivos da auditoria ambiental. Amplitude de um programa de auditoria. Tipos de auditorias ambientais. Quem faz a auditoria ambiental? Recusar auditores. Relações entre a auditoria e o estudo de impacto ambiental. Fase de preparo da auditoria. Fase de execução. Subauditoria ambiental técnica. Subauditoria ambiental legal. Subauditoria ambiental de segurança e higiene. Subauditoria ambiental econômico-financeira. Subauditoria ambiental administrativa. Fase de informação ou de relatório. A norma ISO 19011. Caso prático: auditoria de uma empresa dedicada à alimentação. Manual de auditoria.

Nota:O conteúdo do programa acadêmico pode estar submetido a ligeiras modificações, em função das atualizações ou das melhoras efetuadas.

Direção

  • Dr. Eduardo García Villena. Diretor da Área Ambiental da Universidade Internacional Ibero-americana (UNINI).

Professores e Autores

  • Dra. José María Redondo Vega. Professora Titular do Departamento de Geografia e Geologia da Universidade de León.
  • Dra. Cristina Hidalgo González. Doutora em CC. Empresariais pela Universidade de León. Professora Titular do Departamento de Economia Aplicada da Universidade de León.
  • Dr. Víctor Jiménez. Doutor em Engenharia de Projetos: Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação pela Universidade Politécnica da Catalunha. Professor da Universidade Internacional Ibero-americana.
  • Dra. Izel Marez. Doutora em Engenharia de Projetos: Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação pela Universidade Politécnica da Catalunha. Professora da Universidade Internacional Ibero-americana.
  • Dra. Olga Capó Iturrieta. Doutora em Engenharia de Projetos: Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação pela Universidade Politécnica da Catalunha. Responsável pela Área de Projetos do Instituto de Pesquisas Agropecuárias (INIA), Chile.
  • Dra (c). Lina Pulgarín Osorio. Doutoranda em Projetos pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestrado em Gestão Integrada: Prevenção, Ambiente e Qualidade, pela Universidade Politécnica da Catalunha. Coordenadora de Programas e Professora da FUNIBER.
  • Dra (c). Carmen Lilí Rodríguez Velasco. Doutoranda em Educação, pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestrado em Psicologia Laboral e Organizacional pela Universidade de Havana, Cuba. Coordenadora Acadêmica Internacional da Área Desenvolvimento Diretivo, Organização Empresarial e Recursos Humanos, e Professora da FUNIBER.
  • Dr (c). Diego J. Kurtz. Doutorando em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestrado em International Business - Wiesbaden Business School, Alemanha. Pesquisador do Núcleo de Gestão para a Sustentabilidade e Pesquisador Junior do Projeto Dynamic SME. Coordenador de Programas e Professor da FUNIBER.
  • Dra (c). Diana Patricia Cortés Díaz. Doutoranda em Projetos, pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestrado em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento da Universidade de León, Espanha. Consultora especializada em Direito Trabalhista e Segurança Social. Coordenadora de Programas e Professora da FUNIBER.
  • Ms. María Eugenia Luna Borgaro. Mestrado em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento da Universidade de León, Espanha. Especialista em Gestão de Recursos Humanos e Habilidades Diretivas. Professora da FUNIBER.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.