Doutorado em Psicologia

Apresentação

Nos últimos anos, a pesquisa em psicologia cresceu de maneira significativa, em parte porque contamos com novas tecnologias para a produção de conhecimento, porém, principalmente porque os tempos atuais demandam um avanço em nossa compreensão acerca do humano e uma proposição de soluções aos desafios que enfrentamos nos mais diferentes níveis. A formação especializada nos diversos campos da psicologia é válida e relevante porque nos permite atualizarmos e/ou abastecermos de novas ferramentas de avaliação, intervenção e transformação nos diferentes contextos contemporâneos em que a atividade humana se desenvolve.

O programa de estudos do Doutorado em Psicologia tem como objetivo a educação avançada em pesquisa, docência e prática profissional. Estamos comprometidos com a formação de doutorandos com um alto nível de qualificação e competências, uma noção ética da disciplina enquanto ciência e profissão, além de um enfoque na produção de conhecimentos e na mudança social nos diferentes contextos em que o programa se desenvolve: psicologia clínica e da saúde, psicologia social e comunitária, psicologia forense, psicologia educativa e psicologia do trabalho e das organizações.

Cada uma dessas áreas conta com uma forte presença social e com um corpus sistematizado de conhecimentos teóricos, tecnológicos e aplicados, claramente diferenciados de outros campos educativos. O doutorando ou doutoranda optará por um itinerário de especialização correspondente a uma dessas áreas, cursará três disciplinas e realizará sua tese dentro de uma as linhas de pesquisa oferecidas.

A quem é dirigido

O programa de Doutorado em Psicologia tem como destinatários estudantes em posse do título de graduação e mestrado em algumas das seguintes áreas:

  • Psicologia
  • Estudantes graduados em outras áreas pertencentes às Ciências da Saúde.
  • Estudantes graduados em áreas pertencentes às Ciências Sociais.
  • Outros estudantes com formação universitária em cursos não afins, mas que buscam uma formação especializada na pesquisa em psicologia.

Estrutura

DURAÇÃO FINALIDADE PLANO DE TRABALHO
FASE I - DOCÊNCIA: DISCIPLINAS GERAIS
6 meses Adquirir o conhecimento e as competências necessárias para proporcionar soluções que contribuam para o desenvolvimento humano, científico e tecnológico do doutorando ou doutoranda. Cursar a distâncias as disciplinas relacionadas com o processo de pesquisa, assim como suas diferentes vertentes metodológicas.
FASE II - DOCÊNCIA: DISCIPLINAS DE ESPECIALIZAÇÃO
6 meses Adquirir conhecimentos específicos da área de pesquisa selecionada pelo doutorando ou doutoranda, ajudando-lhe a aprofundar seus conhecimentos a respeito, assim como a focar-se na linha de pesquisa da tese. Cursar um total de 3 disciplinas que pertençam a especialidade selecionada pelo doutorando ou doutoranda.
FASE III - PESQUISA
1 ano Orientar e definir o tema da tese, objetivos, hipótese e metodologia, assim como elaborar o projeto de tese de doutorado. Realizar trabalhos de pesquisa que conduzam à elaboração do projeto.
FASE IV - REALIZAÇÃO DA TESE
1 - 3 anos Redigir o tese de doutorado. Desenvolver a redação da tese de doutorado sob a supervisão do Orientador ou da Orientadora.

Metodologia Educativa

O Campus Virtual, enquanto ferramenta de suporte à formação, foi projetado de maneira a permitir a colocação em prática de uma metodologia de formação orientada a fomentar uma aprendizagem significativa (mediante a proposta de atividades de formação desafiadoras e relacionadas com os interesses dos estudantes), flexível (permitindo superar as barreiras de espaço e tempo), dinâmica, interativa e personalizada (que atenda aos diferentes estilos cognitivos e de aprendizagem), cooperativa (através de atividades que fomentem a construção conjunta do conhecimento) e que estimule o pensamento crítico e prático do estudante, atendendo tanto sua dimensão cognitiva quanto afetiva.

A partir dessa perspectiva, a aprendizagem é entendida como a construção conjunta do conhecimento a partir da relação interativa e o trabalho colaborativo entre professores, estudantes, atividades de formação e materiais didáticos.

Titulação

O doutorando ou doutoranda que cumpre os requisitos acadêmicos e seja aprovado na defesa de sua tese de doutorado segundo o regulamento da universidade que coordena o programa de doutorado, receberá o grau de:

  • Doutor em Psicologia pela Universidad Internacional Iberoamericana (México), indicado a linha de pesquisa sob a qual a tese foi realizada.

Plano de estudos

O Doutorado em Psicologia é um programa multidisciplinar que proporciona ao participante os conhecimentos e habilidades necessários para desenvolver uma contribuição científica rigorosa e de qualidade. O programa responde aos desafios impostos pelas mudanças sociais, culturais e econômicas experimentadas no transcurso dos anos, o que requer da comunidade científica uma aproximação do humano com novas perguntas e novas respostas. A fase docente do doutorado baseia-se na pesquisa científica de excelência, preparando o doutorando ou a doutoranda na aquisição de conhecimentos que enriqueçam seu processo de formação. Assim, através da consolidação dos conhecimentos nos métodos de pesquisa e na perfilação de linhas de questionamento, o aluno poderá aprofundar-se na área de sua escolha.

O Doutorado em Psicologia é composto das seguintes fases:

FASE DE INICIAÇÃO

Durante o primeiro período, o objetivo é sensibilizar o estudante no manuseio e domínio do Campus Virtual e suas diferentes ferramentas, além de informar-lhe sobre o programa acadêmico e o cronograma de estudos.

FASE I, DOCÊNCIA: DISCIPLINAS GERAIS
Metodologia da pesquisa/td>
Seminário de pesquisa
FASE II, DOCÊNCIA: DISCIPLINAS DE ESPECIALIZAÇÃO (O DOUTORANDO CURSA AS QUE ESCOLHER)
ESPECIALIZAÇÃO PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
Modelos psicométricos e análise de dados em psicologia
Métodos e instrumentos gerais para o psicodiagnóstico e a avaliação clínica
Avaliação e intervenção dos problemas psicológicos
ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOLOGIA EDUCATIVA
Avaliação e diagnóstico psicopedagógico
Psicopedagogia da Aprendizagem e da Educação
Interculturalidade e educação
ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOLOGIA DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES
Crítica e análise de pesquisas em psicologia do trabalho e das organizações
O comportamento organizacional a partir de uma visão complexa
O vínculo indivíduo-organização: essências, debates e desafios
ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOLOGIA SOCIAL E COMUNITÁRIA
Desenhos e metodologias de intervenção em psicologia social e comunitária
Referentes teóricos e epistemológicos da psicologia social e comunitária
Análise e intervenção de processos psicossociais e comunitários
ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOLOGIA FORENSE
Avaliação psicológica criminal
Psicologia jurídica
Psicologia forense
FASE III, PESQUISA
Trabalho de pesquisa I
Trabalho de pesquisa II
Proposta de tese de doutorado
FASE IV, REALIZAÇÃO DA TESE DE DOUTORADO
Elaboração da tese
Defesa da tese

Linhas de pesquisa

DOUTORADO EM PSICOLOGIA. LINHAs DE PESQUISA
PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
Luto, trauma e transtornos de ansiedade
Fatores psicobiológicos de risco e vulnerabilidade nos transtornos psicóticos: eficácia e efetividade dos tratamentos psicoterapêuticos combinados e repercussões no estado de saúde, adaptação psicossocial e deficiência.
Autoimagem e alimentação: estudo da evolução dos transtornos da alimentação na população juvenil.
Psicopatologia infanto-juvenil: estudo dos transtornos de início na infância e adolescência, tratamentos eficazes, avaliação e diagnóstico.
Personalidade: perfis de personalidade tipo A como padrão e os transtornos de personalidade.
Perspectivas para a prevenção e gerenciamento do estresse. Promoção em saúde e qualidade de vida.
PSICOLOGIA DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES
Configuração de equipes de trabalho eficientes: dilemas para o desenvolvimento organizacional.
Liderança e gênero: os tetos de vidro, a mulher e o acesso aos cargos de gerência.
O conflito como gestor do desenvolvimento organizacional.
As relações interorganizacionais: desafios e alternativas de crescimento a partir da cooperação.
Indivíduo e sociedade: empregabilidade em tempos de crise.
Prevenção e intervenção do mobbing e burnout no contexto profissional.
Os novos cenários: a mudança como gestão da incerteza e a complexidade organizacional.
PSICOLOGIA EDUCATIVA
Perspectivas culturais no estudo da aprendizagem e da educação
Equidade e educação inclusiva: avaliação e melhoria de culturas, políticas e práticas escolares. Qualidade de vida familiar e deficiência.
Processos de aprendizagem e instrução em diferentes contextos educativos formais e informais.
Processos de aprendizagem e instrução em diferentes domínios de conhecimento (matemática, ciências sociais, história, línguas, música, ciências, esportes, artes, etc.).
Processos psicológicos e relações interpessoais em contextos educativos formais e informais (cooperação, agressão, intervenção inclusiva e participação do corpo estudantil)
A influência do contexto familiar no desenvolvimento psicológico. Parentalidade positiva
Programas de intervenção baseados na evidência em menores e famílias
PSICOLOGIA FORENSE
Comportamento antissocial, violento e delituoso em menores: psicologia jurídica do menor
Psicologia do depoimento: fraudulência e veracidade
Vitimologia
Psicopatologia criminal
Justiça terapêutica e restaurativa, reparação de vítimas e perdão
Formação e juízos e tomada de decisões legais.
PSICOLOGIA SOCIAL E COMUNITÁRIA
Perspectivas político-comunitárias sobre migração e integração: diversidade, aculturação e participação
Longevidade populacional e inclusão social: alternativas de participação comunitária e qualidade de vida em pessoas idosas
Redes interpessoais, relações coletivas e novas comunidades.
Perspectivas socioculturais de gênero e família. Papeis masculinos e femininos e estrutura familiar.
Implementação e avaliação de programas, estratégias e modelos de intervenção psicossocial e resolução de conflitos em diversos âmbitos.
Minorias étnicas: legislação, proteção, inclusão e intervenção sociocomunitária

*Contempla-se a criação de novas linhas de pesquisa em consonância com os interesses do corpo estudantil.

Direção

  • Dr. Juan Luis Martín Ayala. Doutor em Psicologia pela Universidade do País Vasco, Espanha. Mestre em Saúde Mental da Universidade de Deusto, Espanha. Especialista em Mediação Familiar. Diretor do Doutorado em Psicologia na Universidade Internacional Ibero-americana do México. Diretor Acadêmico da Graduação em Psicologia e professor e pesquisador da área de Psicologia Evolutiva e da Educação na Universidade Europeia do Atlântico. Autor e coautor de vários livros, capítulos de livro e artigos de pesquisa sobre a área. Participação em congressos internacionais sobre desenvolvimento e educação.
  • Dra. Laura Natalia Pérez. Doutora (Cum Laude) e Mestre em Ciências Cognitivas e Linguagem pela Universidade de Barcelona, Espanha. Diretora acadêmica do Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde da Universidade Internacional Ibero-americana do México.Coordenadora acadêmica do Doutorado em Psicologia na mesma universidade. Psicóloga e coach, fundadora do Florescimento Humano. Possui experiência como pesquisadora pela Universidade de Barcelona. Experiência como psicóloga nos hospitais San Juan de Dios e La Inmaculada, Colômbia.

Professores e Autores

  • Dr. Oscar Ulloa Guerra. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Mestre em Desenvolvimento Comunitário e Psicologia Social. Professor titular na Universidade de Ciências Médicas de Havana (Cuba). Tem participado em diferentes projetos de pesquisa desde o ano de 2005. Autor de diversas publicações em revistas científicas de impacto e autor de livros sobre temáticas da psicologia da educação e psicologia social e comunitária. Participação em congressos nacionais e internacionais.
  • Dra. María de los Ángeles González García. Doutora em Psicologia da Saúde e Psicologia do Esporte pela Universidade Autônoma de Barcelona. Mestre em Pesquisa em Psicologia da Saúde e Psicologia do Esporte pela Universidade Autônoma de Barcelona. Licenciada em Psicologia com ênfase em psicologia clínica pela Universidade de Salamanca. Tem exercido seu trabalho docente como professora titular em tempo parcial no Soler i Sala SL, Barcelona en Asesoramiento e na formação em Psicologia da Saúde, Coaching e PNL (2009-2011). Atualmente é professora associada da graduação em psicologia da Universidade Europeia do Atlântico. Profissionalmente, atuou como psicóloga na unidade de medicina interna do Hospital Germans Trias i Pujol (Barcelona), realizando tarefas de assistência, pesquisa e formação. Atualmente é diretora do centro psicoeducativo BalanCe (Santander) e é psicóloga e formadora em Mindfulness. Publicou manaus e artigos científicos em revistas internacionais sobre psicologia clínica e colaborou em vários estudos clínicos.
  • Dra. Andrea Corrales Pardo. Doutora em Biologia molecular e Biomedicina (Cum Laude) com formação em pesquisa em neuropsicofisiologia. Mestre em Biologia molecular e Biomedicina pela Universidade do País Basco e pela Universidade da Cantábria. Licenciada em Psicologia pela Universidade Nacional de Educação a Distância. Licenciada em Biologia (especializada em saúde) pela Universidade de Oviedo. Ensina no departamento de Fisiologia da faculdade de Medicina da Universidade da Cantábria. Leciona disciplinas de Fisiologia e Psicofisiologia na Universidade Europeia do Atlântico.
  • Dra. Pamela Parada Fernández. Doutora (Cum Laude) em Psicologia Clínica e da Saúde pela Universidade de Deusto, Espanha. Mestre em Psicologia da Saúde pela Universidade Miguel Hernández de Elche, Espanha. Licenciada em Psicologia com Matrícula de Honra pela Universidade Católica Silva Henríquez, Chile. Neuropsicóloga na cidade de Álava, Espanha. Pesquisadora da Universidade de Deusto. Conferencista em diversos eventos nacionais e internacionais. Autora e coautora de diversas publicações científicas.
  • Dra. Mireia Oliva Macías. Doutora em Psicologia Clínica e da Saúde e Mestre em Saúde Mental e Terapias Psicológicas pela Universidade de Deusto, Espanha. Experiência como professora e pesquisadora na Universidade de Deusto. Experiência como psicóloga no Centro Psicológico e de Logopedia Logos, Bilbau, Espanha. Palestrante em congressos nacionais e internacionais. Autora e coautora de diversas publicações científicas.
  • Dra. Silvia Quer Palomas. Doutora em Psicologia Clínica e da Saúde, mestre em Neurociências e licenciada em Psicologia pela Universidade Autônoma de Barcelona. Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde e mestre em Psicologia Geral Sanitária (em curso) pela Universidade de Barcelona. Experiência como pesquisadora em diversis grupos na Universidade Autônoma de Barcelona. Experiência como Psicóloga Sanitária em diferentes centros privados, atendendo a população infantil, adolescente, adulta e geriátrica. Autora e coautora de diversas publicações científicas.
  • Dra. Lilia Stevens De la Cruz. Doutora em Ciências Pedagógicas pela Cátedra Manuel F. Grant, Universidade do Oriente, Cuba. Licenciada em Psicologia, Universidade do Oriente, Cuba. Sua trajetória profissional está vinculada à docência e pesquisa no contexto da psicologia do desenvolvimento pré-escolar e adolescente, assim como nos processos de tutoria orientação psicológica e educativa no âmbito da Educação Superior. Experiência na coordenação de projetos de pesquisa na área de aprendizagem, didática e projeto curricular, gestão de recursos humanos e metodologia de pesquisa científica aplicada aos processos de marketing e gestão empresarial. Também atua no âmbito da orientação psicológica em espaços de intervenção clínica e terapêutica. Destaca-se com a participação em oficinas, seminários e congressos. Autora e coautora de diversas publicações científicas em colaboração com países como Dinamarca, Canadá, Angola e Espanha.
  • Dr. Emmanuel Soriano Flores. Doutor em Ciências da Educação Superior pela Universidade Autônoma de Chapingo. Mestre em Inovação Educacional pela Universidade Pedro de Gante. Mestre e Licenciado em Administração pela Universidade Nacional Autônoma do México. Pós-graduado em Gestão Financeira e Contabilidade pela Escola de Negócios Europeia, de Barcelona. Professor de graduação e mestrado em diversas universidades do México nas áreas de estratégia empresarial, empreendimento, administração educativa, liderança e motivação, imagem pública, recursos humanos e teoria administrativa. Experiência on-line como professor e na criação de conteúdos para a Universidade do Vale do México, para a Universidade La Salle e a Fundação Universitária Iberoamericana. Professor e pesquisador convidado na Universidade de Barcelona. Autor e coautor de diversas publicações científicas. Palestrante em congressos nacionais e internacionais.
  • Dra. Juliana Azevedo Gomes Doutor em Educação e Sociedade pela Universidade de Barcelona. Mestre em Pesquisa em Didática, Formação Docente e Avaliação Educativa pela Universidade de Barcelona, Espanha. Especialista em Psicopedagogia pela Universidade Luterana do Brasil. Sua trajetória profissional está vinculada à docência e pesquisa no contexto da didática em diversos ambiente educacionais. Experiência em criação de instrumentos de avaliação e elaboração de materiais didáticos, especialmente para o ensino em ambientes virtuais. Autora e coautora de publicações científicas no Brasil, Estados Unidos e Espanha. Palestrante em congressos e seminários nos Estados Unidos, Londres, Alemanha e Espanha.
  • Dr. Abel Ponce. Doutor em Psicologia pela Universidade Autônoma de Madri, Espanha. Licenciado em Psicologia e mestre em Comunicação Social pela Universidade de Havana. Atua como docente e pesquisador na Universidade Autônoma de Madri e na Universidade Internacional de Rioja. Participou em vários projetos de pesquisa sobre a dependência de drogas e culturas juvenis, as implicações sobre o consumo de drogas em familiares de dependentes, migração de jovens universitários, pesquisas culturais, criatividade e desenvolvimento do potencial criativo nas crianças, psicologia clínica e da saúde. Tem publicações em revistas internacionais e realizou muitos estágios de pesquisa em universidades de vários países. Foi avaliador de prêmios e bolsas em concursos competitivos associados aos seus projetos de pesquisa. Depois de 14 anos de experiência docente e de pesquisa, atualmente, seu interesse fundamental está associado à pesquisa sobre o desenvolvimento do potencial criativo em diversos contextos (Saúde, Educação, Empresa).
  • Dra. Andresa Sartor Harada. Doutora em Educação pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestre em Psicologia da Educação pela Universidade Autônoma de Barcelona. Coordenadora do Mestrado em Educação oferecido pela Universidade Internacional Ibero-americana do México Experiência como professora em ambientes virtuais. Experiência como professora e coordenadora em escolas de educação primária e secundária. Conferencista em congressos, atividades educativas e oficinas nacionais e internacionais.
  • Dra. Yadira Palenzuela. Doutora em Psicologia pela Universidade do Chile. Mestre em Análise Sistêmica Aplicada à Sociedade e em Psicologia Educativa. Professora da área de Comunicação Interpessoal na Universidade do Chile e pesquisadora do projeto Fondecyt. Participou em diversos projetos de pesquisa ao longo dos últimos 12 anos, principalmente em linhas de pesquisa no âmbito social, organizacional e educativo. Como resultado de sua atividade de pesquisa, participou em várias conferências e produziu várias publicações.

Bolsas de Estudo

A Fundação Universitária Iberoamericana – FUNIBER criou o programa “Bolsas de Doutorado” destinado a pessoas que tenham um excelente histórico acadêmico. A este programa de Bolsas juntaram-se outras fundações, instituições e universidades. Está orientado tanto a professores universitários, com o objetivo de contribuir ao aumento da porcentagem de doutores nas universidades, assim como de profissionais no mundo empresarial e da administração pública, visando contribuir com a criação de departamentos de PD&I e gerar um espírito de inovação.