Homeopatia

Apresentação do Programa

É um método terapêutico que se baseia na administração de pequenas doses de substâncias medicamentosas visando-se ativar as próprias defesas do organismo e chegar suavemente a melhora ou à cura no tratamento de enfermidades.

Como sistema terapêutico, a Homeopatia tem sido e é usada em quase todo o mundo com resultados exitosos. A Homeopatia oferece una alternativa natural ao tratamento da maior parte das doenças comuns.

A quem é dirigido

O programa de Homeopatia tem como destinatários:

  • Profissionais interessados na área de formação Biológica-Naturista.

Titulação

A conclusão com sucesso do Programa permitirá que você obtenha a titulação do Homeopatia.

Após a conclusão com êxito do Programa, o aluno receberá o diploma emitido pela Universidade em que se matriculou.

Estrutura do Programa

Com relação à distribuição do tempo, fica estabelecido que:

  • Por ser um programa a distância e não estar sujeito à formação de turmas presenciais, não se estabelece uma específica data de início, razão pela qual o aluno possa formalizar sua matrícula a qualquer momento, sempre que haja vagas disponíveis;
  • Por motivos acadêmicos e de aprendizagem, dispõe-se de uma duração mínima de três meses para a realização do programa, contabilizada a partir da data de entrega dos dois primeiros volumes ate à data de finalização;
  • O tempo máximo do qual se dispõe para realizar o programa é de oito meses. Nesse período de tempo, o aluno deve ter entregue todas as avaliações.

A estrutura de créditos do programa de Homeopatia é apresentada na seguinte tabela:

  CRÉDITOS ECTSa DURAÇÃOb HORAS
Disciplinas 25 7 250
Trabalho de Pesquis 5 1 50
TOTAL 30 8 300

a. A equivalência em créditos pode variar de acordo com a universidade que titula
b. Duração em meses

Objetivos

  • Formar homeopatas que saibam regular o princípio vital visando a conservação da saúde segundo o método de Hahnemann;
  • Conhecer e aprender sobre as aplicações da homeopatia em diferentes situações patológicas.

Plano de estudos

O programa de formação divide-se em 2 partes principais:

  • 1ª Parte: DISCIPLINAS (250 HORAS)

As correspondentes disciplinas e a carga horária da primeira parte são apresentadas na seguinte tabela:

  • 2ª Parte: TRABALHO DE PESQUISA (50 HORAS)

Os alunos deverão desenvolver um trabalho de pesquisa baseado no desenvolvimento de um caso prático

# DISCIPLINAS HORAS
1 TRABALHO DE PESQUISA 50

Descrições dos Cursos

1ª PARTE: DISCIPLINAS

  1. BASES E PRINCÍPIOS HOMEOPÁTICOS

    Estudar a Homeopatia como método terapêutico, seu histórico, seus fundamentos, aplicação, dosagem e prescrição em diferentes doenças.

    HISTÓRIA DA HOMEOPATIA
    A influência dos médicos antigos e contemporâneos em Hahnemann. Biografia de Samuel Hahnemann. A medicina na época de Hahnemann.
    FARMACOPEIA HOMEOPÁTICA
    Preparação de remédios homeopáticos. Método de diluição e dinamização. Constituição farmacêutica das substâncias homeopáticas. Isopatia. Remédios de órgãos. Precauções específicas para o uso de medicamentos homeopáticos.
    METODOLOGIA
    Os princípios gerais e a metodologia da homeopatia. A aplicação prática. Primeira particularidade: como estudar as patogêneses? Segunda particularidade: "doença semelhante" – semiologia clássica e semiologia homeopática. Determinação de medicamentos homeopáticos em doenças agudas. Dosagem e prescrição em doenças agudas. Semiologia Homeopática. Pura experimentação. Doenças crônicas - miasma.
  2. APLICAÇÕES DO MÉTODO HOMEOPÁTICO

    Estudo da terapêutica homeopática nas patologias aguda e crônica, principais medicamentos, considerações sobre consultas e opções de tratamento.

    EM PATOLOGIAS AGUDAS
    O tipo sensível. A matéria médica homeopática. Método de aplicação.
    EM PATOLOGIAS CRÔNICAS
    A noção de terreno. A noção de modo reativo crônico. A noção de tipo sensível. Determinação de medicamentos homeopáticos. Nosódios – bioterápico e isoterápicos. Principais medicamentos do modo reacional psóricos. Principais medicamentos do modo reacional psicótico.
    RECOMENDAÇÕES SOBRE A CONSULTA
    A coleta da informação. A observação. Bases de clínica homeopática.
    RECOMENDAÇÕES SOBRE REMÉDIOS HOMEOPÁTICOS
    Precauções e incompatibilidades. Como saber se um medicamento é adequado. Evolução do quadro. Opções de terapêuticas.
  3. SUBSTÂNCIAS MÉDICAS HOMEOPÁTICAS

    Estudo individual e detalhado dos medicamentos homeopáticos mais usados: origem, descrição, ação geral, sintomas característicos, correspondências etiológicas, indicações clínicas e prescrição.

  4. CLÍNICA HOMEOPÁTICA

    Estudo detalhado da terapêutica homeopática em doenças agudas e doenças crônicas, dos medicamentos homeopáticos usados com sucesso na prática médica em diferentes situações, dependendo do estágio da doença e da área afetada.

    PARTE I - NÍVEL BÁSICO: PATOLOGIA AGUDA
    PATOLOGIA INFECCIOSA E GERAL
    Advertência. Patologia infecciosa. Patologia geral.
    APARELHO ORL E PNEUMOLOGIA: PATOLOGIA AGUDA
    Corizas Agudas. Sinusite aguda e subaguda. Otite aguda. Rouquidão e afonia. Angina aguda. Laringite e traqueíte aguda. Bronquite e bronquiolite aguda. Pneumopatias agudas.
    GASTROENTEROLOGIA
    Aparelho digestivo. Estomatologia aguda: dores - hemorragias - infecção. Dentição. Cólicas hepáticas. Hepatites agudas. Vômitos acetonêmicos de crianças. Gastroenterite aguda de lactantes e adultos.
    APARELHO UROGENITAL
    Ginecologia. A dismenorreia. O mioma uterino. As infecções ginecológicas crônicas. O mastose. A menopausa. A menorragia. A síndrome pré-menstrual.
    DERMATOLOGIA
    Pele e mucosas. Queimaduras cutâneas. Urticária aguda. Picadas de insetos. Conjuntivite aguda não alérgica. Herpes zoster.
    APARELHO VASCULAR
    Hemorragia. Flebite superficial dos membros inferiores. Hemorróidas agudas.
    PARTE II - NÍVEL AVANÇADO: PATOLOGIA CRÔNICA
    APARELHO ORL E APARELHO RESPIRATÓRIO
    Afecções ORL mais recorrentes. A bronquite crônica. Corizas periódica e espasmódica. Asma. Pólipos nasais e dos seios.
    APARELHO DIGESTIVO
    Síndromes dispépticas. Úlcera gastroduodenal e gastrite. Colopatia funcional. A colite ulcerosa. Hemorróidas. Cirrose hepática alcoólica.
    Ginecologia (Dermatologia e Obstetrícia, fibróides uterinos, ginecológica mastose Infecções crônicas, menopausa)Dermatologia e ginecologia. A dismenorreia. Miomas uterinos. Infecções crônicas ginecológico. O mastose. Menopausa. A menorragia. Síndrome pré-menstrual.
    APARELHO URINÁRIO
    Recorrentes infecções do trato urinário. Urolitíase. Pólipos de bexiga. Prostatismo.
    APARELHO CIRCULATÓRIO
    Contribuição da homeopatia nas doenças cardiovasculares. A arteriosclerose e aterosclerose. Membros inferiores por doença arterial. Contribuição da homeopatia no tratamento da hipertensão. As varizes de membros inferiores. Úlceras varicosas dos membros inferiores. Acrocianose e síndrome de Raynaud. Frieiras.
    DERMATOLOGIA
    A dermatite alérgica ou atópica. Micoses da pele e unhas. Acnes. Herpes. As verrugas, verrugas, molusco.
    SISTEMA NERVOSO
    Dores de cabeça e enxaquecas. Vertigem. Possibilidades teóricas e os limites da homeopatia no tratamento de transtornos emocionais, psicológicos e psicossomáticos. Ansiedade. Os estados depressivos em adultos. A insônia em adultos. Os distúrbios do sono em crianças. Distúrbios de conduta e adaptação escolar.
    APARELHO OSTEOARTICULAR
    Principais medicamentos sintomáticos de doenças reumáticas. Local da homeopatia no tratamento da osteoartrite. Reumatismos inflamatórios crônicos. Gota.

2ª PARTE: TRABALHO DE PESQUISA

Os alunos deverão desenvolver um trabalho de pesquisa baseado no desenvolvimento de um caso prático.


Nota: O conteúdo do programa acadêmico pode estar sujeito a pequenas modificações, em função de atualizações ou de melhorias efetuadas.

Direção

Direção Acadêmica

  • Dr. Carlos Llopis Martínez. Secretário-geral da Fundación Europea de Medicina Tradicional China. Diretor do Departamento de Fitoterapia Tradicional Chinesa da Escuela Superior de MTC.

Coordenação Geral Acadêmica

  • Vânia Alexandre. Coordenadora da Área de Saúde Natural.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.