Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos

Apresentação do Programa

O Mestrado em Gestão e Direção de Recursos Humanos forma pessoas capazes de enfrentar os desafios de gerenciar pessoas, isto é, atrair, reter e desenvolver o melhor recurso humano. Em qualquer organização, o capital humano representa um ativo fundamental para a geração de valor e, ao mesmo tempo, torna-se uma fonte de vantagem competitiva. São as pessoas, suas habilidades, suas destrezas, seus conhecimentos, suas competências que constituem fatores de diferenciação e competitividade, uma vez que direta ou indiretamente organizam, desenvolvem e controlam as atividades da organização.

O capital humano precisa ser dirigido e gerenciado profissionalmente para potencializar a produtividade e os resultados do negócio, e por isso essas funções se tornam essenciais para alcançar os objetivos e o sucesso empresarial. Atualmente, as empresas demandam profissionais autênticos nas áreas da direção e da gestão de recursos humanos, que sejam capazes de implementar modelos organizacionais que visem aumentar o potencial do talento humano e, assim, contribuir para a construção de entidades sólidas.

A importância de uma boa direção e gestão do capital humano reside na necessidade de responder ao novo paradigma da área laboral, caracterizado pela globalidade, diversidade cultural, velocidade das mudanças, interconexão, busca de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, evolução e desenvolvimento de novas gerações, novas modalidades de contratação, possibilidades de jornadas de trabalho flexíveis, novas relações de trabalho nas empresas, etc. Da mesma maneira, as organizações operam em um ambiente em que é cada vez mais necessário cumprir as normas para a prevenção de riscos laborais, para garantir a saúde ocupacional dos trabalhadores, bem como o desenvolvimento profissional e pessoal; funções geridas por profissionais de Recursos Humanos.

Atualmente, existem estudos reconhecidos em todo o mundo (por exemplo, aqueles elaborados pelo Great Place to Work) que investigam, com base em uma metodologia padronizada, a satisfação do empregado, a cultura organizacional mediante suas políticas e seus processos de recursos humanos, a fim de qualificar os melhores lugares para trabalhar e desenvolver-se profissionalmente, demonstrando de alguma maneira, a importância de ter uma administração adequada dos recursos humanos que trabalhe na gestão do bem-estar, reforçando os motivadores intrínsecos que formam pessoas talentosas, envolvidas na tarefa e na empresa.

Segundo os relatórios de Empregabilidade e Pós-Graduações da ADECCO (prestigiada consultoria de recursos humanos), a oferta da área de Direção e Gestão de Recursos Humanos tem aumentado progressivamente nos últimos anos, o que evidencia que um dos profissionais mais exigidos no âmbito corporativo são da área de recursos humanos. O mercado de trabalho exige perfis capacitados para a implementação e a gestão de projetos de recursos humanos que alinhem as melhores práticas e as adaptem ao máximo às particularidades de cada departamento.

O aluno que concluir com sucesso o Programa de Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos estará qualificado para:

  • Determinar os elementos estruturais mais apropriados para uma direção e gestão bem-sucedida e gestão de recursos humanos, levando em conta os processos de mudança na organização.
  • Executar processos ótimos de análise, descrição e avaliação de postos para qualquer tipo de organização e em diferentes níveis hierárquicos.
  • Empregar métodos e técnicas de recrutamento e seleção para atrair e contratar o melhor pessoal de uma organização.
  • Criar planos de formação e desenvolvimento para os funcionários de uma organização com base em um diagnóstico de necessidades e potencialidades.
  • Utilizar métodos de avaliação do desempenho e gestão por competências para determinar promoções e transferências em uma organização.
  • Calcular o pagamento justo dos funcionários de uma organização de acordo com os níveis de autoridade e responsabilidade.
  • Identificar os possíveis riscos laborais: suas causas, consequências, ações preventivas e corretivas para reduzir e minimizar o custo de acidentes e doenças laborais.
  • Desenvolver um processo ótimo de auditoria e revisão na área de recursos humanos: seu planejamento, organização, direção e controle.
  • Distinguir práticas éticas e leais a princípios no exercício da direção e gestão de recursos humanos.
  • Desenvolver habilidades de gerenciamento com uma abordagem de recursos humanos.
  • Desenvolver habilidades de comunicação apropriadas para a direção e gestão de recursos humanos.

A quem é dirigido

O Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos é destinado a todos os profissionais que trabalham na área de recursos humanos ou que aspiram a ela, bem como acadêmicos e consultores empresariais. A partir da formação acadêmica, destina-se aos graduados em Administração de Empresas e Psicologia Organizacional (não exclui outras áreas relacionadas, tais como: Negócios Internacionais, Engenharia Industrial, Marketing, Economia, Contabilidade e outras do âmbito econômico-administrativo).

Titulação

A conclusão bem-sucedida do Programa permitirá obter um diploma de Mestre em Direção e Gestão de Recursos Humanos.

Ao finalizá-lo com êxito, o aluno receberá o diploma emitido pela universidade onde ele se matriculou.

Estrutura do Programa

O Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos possui uma estrutura curricular baseada em 5 blocos ou áreas, a serem cursados ao longo de dois anos:

 
Bloco 1: Direção de Recursos Humanos
Bloco 2: Gestão Organizacional
Bloco 3: Processos de Recursos Humanos
Bloco 4: Competências Gerenciais
Bloco 5: Projeto Final

Objetivos

A missão do Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos é formar profissionais, capazes de atrair, reter e formar o melhor recurso humano para o alcance dos objetivos organizacionais.

Saídas Profissionais

Os profissionais que concluírem com sucesso o programa de Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos poderão atuar profissionalmente, entre outros, nas seguintes instituições e áreas:

  • Diretor ou Gerente Geral
  • Diretor ou Gerente de Recursos Humanos
  • Consultor externo especialista em recursos humanos
  • Diretor ou Gerente de cada uma das áreas de recursos humanos: recrutamento e seleção; treinamento e desenvolvimento; folha de pagamento, entre outras
  • Formador na área de recursos humanos

Plano de estudos

O programa de Mestrado em Direção e Gestão de Recursos Humanos possui 22 disciplinas:

  • BLOCO 1: DIREÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

Este bloco fornece ao estudante as bases sobre a direção geral sob uma perspectiva organizacional, de uma forma integral, com uma abordagem gerencial e direcionada às áreas funcionais. Realiza-se um percurso pela teoria organizacional, bem como pelos elementos que devem ser levados em conta para tomar decisões assertivas. Por outro lado, estudam-se as ferramentas para fazer diagnósticos externos nas áreas: econômica, política, social, cultural, legal, ambiental e competitiva, para a identificação de oportunidades e ameaças. Além disso, abordam-se técnicas para a realização de diagnósticos internos, com foco na identificação correta de pontos fortes e fracos. Tudo isso como base ou input relevante para planejar, organizar, dirigir e controlar a estratégia da empresa para que esta assegure o sucesso econômico e social.

BLOCO 1: DIREÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
# DISCIPLINAS
1 Administração e direção de empresas
2 Direção e planejamento estratégico
  • BLOCO 2: GESTÃO ORGANIZACIONAL

Este bloco tem como propósito é estudar conteúdos substanciais sobre a possibilidade de trabalhar em diferentes estruturas organizacionais, bem como assimilar as mudanças rápidas e inesperadas que as organizações enfrentam para aproveitar ao máximo o potencial que as pessoas possuem. Por outro lado, fornece ferramentas sobre como gerar um clima organizacional ideal, a partir da compreensão e gestão das diferenças culturais existentes na diversidade do capital humano. O objetivo fundamental é estabelecer uma boa base para exercer uma direção e gestão de recursos humanos satisfatórias.

BLOCO 2: GESTÃO ORGANIZACIONAL
# DISCIPLINAS
1 Estrutura e mudança organizacional
2 Cultura e clima organizacional
  • BLOCO 3: PROCESSOS DE RECURSOS HUMANOS

Este bloco contém disciplinas focadas nos subsistemas que compõem a área de recursos humanos. O objetivo é ensinar como atrair, reter, manter e desenvolver as pessoas. Em particular, são oferecidas ferramentas para recrutar e selecionar o melhor pessoal, ensinando-se tudo que está relacionado à gestão de postos de trabalho, desde a sua geração até o momento de avaliar o desempenho dos trabalhadores. Estuda-se a área de vencimentos e remunerações, ou seja, os diferentes métodos de valoração, subsídios e outros benefícios de acordo com o desempenho e os méritos. São investigados os processos de formação e desenvolvimento que facilitam ao trabalhador a aquisição das competências para exercer e evoluir em seu posto de trabalho e na organização. Também são abordados os conteúdos relacionados à prevenção de riscos, segurança e higiene industrial. Um aspecto relevante é a revisão de todos os processos fundamentais de recursos humanos, e é por isso que é ensinado como desenvolver uma auditoria completa para a melhoria. Os conteúdos do bloco são complementados com uma visão ética, de responsabilidade social e de qualidade.

  • BLOCO 4: COMPETÊNCIAS GERENCIAIS

O bloco tem como objetivo desenvolver as habilidades, destrezas, atitudes e aptidões necessárias para a gestão da área de Recursos Humanos. É essencial abordar aspectos da liderança para influenciar e direcionar os esforços dos trabalhadores para o alcance dos objetivos organizacionais. Por outro lado, é abordado aquilo que está relacionado à gestão eficiente das equipes de trabalho a fim de obter os resultados sinérgicos que contribuem para o alcance desses objetivos. São fornecidas ferramentas para a gestão e resolução de conflitos que aparecem no contexto organizacional. Um aspecto fundamental para a direção de recursos humanos é a comunicação, particularmente a comunicação interpessoal, que se concentra na produção e interpretação de mensagens verbais e não verbais. Finalmente, o coaching como uma técnica moderna de administração que guia e orienta os colaboradores próximos para obter o seu máximo potencial.

  • BLOCO 5: PROJETO FINAL

Este bloco se concentra no desenvolvimento do Projeto Final. O objetivo desta atividade é que o aluno apresente um documento completo que mostre uma proposta de projeto que responda a uma necessidade identificada que guarde relação com a área da direção e gestão de recursos humanos. O trabalho será supervisionado por um orientador especialista no campo de estudo proposto pelo aluno.

Está incluída neste bloco a disciplina Metodologia da Pesquisa, que visa fornecer ferramentas básicas para problematizar fenômenos no campo da direção e gestão de recursos humanos, para transformá-los em projetos de pesquisa científica de natureza quantitativa ou qualitativa.

BLOCO 5: PROJETO FINAL
# DISCIPLINAS
1 Metodologia da pesquisa
2 Projeto final

Descrições dos Cursos

BLOCO 1: DIREÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

  1. ADMINISTRAÇÃO E DIREÇÃO DE EMPRESAS

    Conceito, objetivos e generalidades da empresa. Importância e classificação de empresa. Organização empresarial. Áreas funcionais. Política, direção e gestão empresarial. Integração empresarial: informação, comunicação e conhecimento. Sociologia, economia e direito no ambiente empresarial. Nova economia e gestão internacional. Globalização, economia mundial e desenvolvimento. Política econômica, industrial e tecnológica. Desenvolvimento, consolidação, crescimento e empreendedorismo de negócios.

  2. DIREÇÃO E PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

    O planejamento e a administração estratégica de recursos humanos. Criação e implementação de políticas e práticas de pessoal. Recrutamento e seleção de pessoal. Criação de postos. Descrição e análise de postos. Avaliação do desempenho. Administração de vencimentos e salários. Benefícios. Qualidade de vida no trabalho. Relações com as pessoas. Capacitação e desenvolvimento de pessoal. Desenvolvimento organizacional. Sistema de informação de recursos humanos. Relações jurídico-laborais. Comportamento organizacional. Cultura e criação dos processos de mudança. Formação. Relações interfuncionais. Comunicação interna.

BLOCO 2: GESTÃO ORGANIZACIONAL

  1. ESTRUTURA E MUDANÇA ORGANIZACIONAL

    Evolução, avaliação organizacional e cenário das organizações. Critérios para a avaliação das organizações. O comportamento dos indivíduos e grupos nas organizações. Pontos mais importantes e fatores para a criação da estrutura organizacional. Tipologias de estrutura organizacional. Os desenhos organizacionais e o comportamento dos RH. A mudança como um aspecto decisivo na direção dos RH. Modelos atuais de mudança organizacional. Atitudes diante das mudanças. A mudança organizacional e a informação. Modelos de estratégia informacional. A informação como recurso.

  2. CULTURA E CLIMA ORGANIZACIONAL

    Interação entre o homem na organização. A organização como uma estrutura humana. A qualidade da direção e do SGH. Princípios e objetivos do SGH. Funções e ações distintivas do SGRH. O psicograma, um instrumento eficaz. Um programa de gestão de desenvolvimento humano. Os valores compartilhados como núcleo da cultura. A mudança nas organizações e na cultura. A transmissão da cultura e o processo da sociabilização. Satisfação no trabalho. Clima sociopsicológico profissional. A liderança ressonante e a gestão das emoções. Ferramentas empregadas no estudo do clima profissional.

BLOCO 3: PROCESSOS DE RECURSOS HUMANOS

  1. ANÁLISE, DESCRIÇÃO E AVALIAÇÃO DE POSTOS

    Breve resenha histórica do trabalho visto pela ótica da função da organização. Modelos de gestão de recursos humanos. Breve resenha histórica do trabalho pela ótica da função da organização do trabalho, da produção ou dos serviços e direção. A divisão e a integração no processo de trabalho. Tendências do trabalho atual. Principais métodos para o estudo do trabalho por competências. As pessoas. Modelos, técnicas e instrumentos para a análise, descrição e avaliação de cargos. Métodos para analisar os postos de trabalho. Fontes de informação para a análise, descrição e elaboração das especificações e perfis de competências dos cargos. Procedimento para a elaboração dos perfis de competências dos cargos.

  2. RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E PROMOÇÃO

    Fundamentos do processo de recrutamento e seleção de pessoal. Breve esboço histórico do processo de seleção de pessoal. Premissas epistemológicas sobre a seleção de pessoal. Fontes de erro que afetam o processo de seleção. O processo de seleção de pessoal como um sistema. Etapas do processo de seleção de pessoal. A construção do conhecimento sobre os candidatos no processo de seleção. Passos a seguir na criação e implantação de sistemas de seleção de pessoal. Sistema de seleção de pessoal. Etapa preparatória. Recrutamento. Etapa de seleção. Etapa pós-decisão da seleção. Avaliação da qualidade e eficiência dos sistemas de seleção de pessoal.

  3. FORMAÇÃO E PLANOS DE CARRERA

    Formação e desenvolvimento do componente humano. Formação e desenvolvimento. A formação e o desenvolvimento como parte da gestão do componente humano por competências. A determinação das necessidades de aprendizagem como ponto de partida para a adequada formação e o desenvolvimento do componente humano. Gestão da formação e desenvolvimento. As carreiras individuais como parte da gestão do componente humano por competências. Expectativas do capital humano e realidades das organizações. Gestão e planejamento individual das carreiras. Elaboração dos planos individuais de carreiras. O coaching e os planos de carreiras. Autocrescimento e autodesenvolvimento nos planos de carreira.

  4. AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E GESTÃO POR COMPETÊNCIA

    Gestão do desempenho por competências. Origem das competências. Definição das competências. Fundamento empírico da gestão por competências. Gestão de competências na Gestão de Recursos Humanos. Competências-chave da organização e suas brechas. Desenvolvimento de competências profissionais. O processo de formação. Avaliação do desempenho por competências. A avaliação do desempenho. O processo de avaliação. Razões para avaliar o desempenho. O sistema de avaliação do desempenho. A avaliação do desempenho por competências. A análise do talento: fator fundamental para potencializar a vantagem competitiva. Caso Zhatoury: a prática.

  5. RETRIBUIÇÃO E INCENTIVOS

    O sistema de compensação laboral. A compensação laboral. Fases da gestão de compensação laboral. Análise e descrição de postos de trabalho. O salário. Compensação total. Teorias motivacionais relativas ao trabalho. Conceitos fundamentais e motivação ao resultado. Enfoques básicos no desenvolvimento da motivação profissional. Teorias motivacionais. O reconhecimento social e o estímulo espiritual. Projeção dos sistemas de pagamento. A retribuição extrassalarial. Os sistemas de pagamento. Sistemas de pagamento por tempo. Sistemas de pagamento por rendimento. A dinâmica salarial. A retribuição a longo prazo.

  6. ISO 45001

    Saúde organizacional. Higiene, segurança e qualidade de vida laboral. Efeitos negativos do trabalho. Motivação, satisfação laboral e frustração. Cultura organização. O estresse laboral. Eustresse, estresse, distresse. Doenças ocasionadas pelo estresse. Síndrome de Burnout. Vínculo da síndrome de Burnout com a motivação, satisfação laboral, frustração. A síndrome de Burnout nos profissionais da saúde, nos professores, nos executivos. Conceito de prevenção. Avaliação do risco laboral. Método de avaliação geral de riscos. Inspeção de segurança técnica. Investigação de acidentes. Gestão da prevenção de riscos laborais. Estrutura da norma OSHAS 18001:2007. Gestão geral dos riscos.

  7. AUDITORIA DE RECURSOS HUMANOS

    Introdução à auditoria. Antecedentes da auditoria. Relações entre auditoria e contabilidade. A auditoria integral: auditoria do futuro. A revisão fiscal como auditoria integral. Auditoria de gestão. Definição de auditoria de gestão. Técnicas de auditorias de gestão. Equipes multidisciplinares na auditoria de gestão: especialistas e especialização. Novo contexto empresarial dos recursos humanos. Obtenção de dados e informativos. O relatório da auditoria. Fontes de informação. Avaliação do desempenho do departamento de recursos humanos. Comparação com outras auditorias. Sistema de informação de recursos humanos.

  8. ÉTICA EMPRESARIAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

    A necessidade de uma direção empresarial ética. Padrões éticos. A ética empresarial: a ética e a competitividade. O significado social da empresa. A responsabilidade para com clientes, funcionários e outros atores. A responsabilidade social corporativa interna. Gênero, trabalho e deficiência. A gestão da diversidade na empresa. Identificação de oportunidades de emprego para pessoas com deficiência. Mudanças na empresa e processos laborais. Auditoria de gênero. Técnicas para a integração da igualdade nos processos de contratação. A proteção ambiental na RSC. Principais problemas ambientais. Etapas da proteção ambiental. A certificação ambiental. A administração holística do fator humano. A ética e o comércio eletrônico.

  9. A QUALIDADE COMO FERRAMIENTA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

    Recursos humanos versus qualidade total. Eficiência versus controle. Relação qualidade e psicologia do trabalho. Enfoques da gestão estratégica dos RH. Atividades da gestão estratégica dos RH. Criação de postos de trabalho. Seleção de pessoal. Formação de pessoal. Avaliação do desempenho. Mudança cultural relacionada à gestão por competências. Aspectos sociopsicológicos da Gestão dos RH. Motivação do pessoal. Satisfação laboral. Trabalho em equipe. Comunicação. Gestão da qualidade total nas organizações. Qualidade total nas práticas dos RH. Práticas dos RH para a qualidade total. Qualidade de vida no trabalho, a parte humana da gestão total da qualidade.

BLOCO 4: COMPETÊNCIAS GERENCIAIS

  1. TÉCNICAS DE DIREÇÃO E LIDERANÇA ORGANIZACIONAL

    Introdução à importância da liderança e da direção organizacional. Definição e diferenças entre líder e diretor. Liderança organizacional. Enfoques teóricos no estudo da direção e da liderança, sua evolução: modelo burocrático, desenvolvimento organizacional, direção participativa, escola sistêmica de administração, direção estratégica. Estilos de liderança: autocrático, democrático, laissez-faire. Outros tipos de liderança. Competências e habilidades do líder e do diretor: técnicas e ferramentas.

  2. TÉCNICAS DE DIREÇÃO DE EQUIPOS DE TRABALHO

    Equipes de trabalho: formação, diversidade, diferença entre grupo e equipe, equipes de alto rendimento, normas, consenso, elementos fundamentais, características, gestão de conflitos. Equipes para resolver problemas. Habilidades e técnicas pessoais e sociais necessárias para a direção de equipes de trabalho. Construção da visão, competências e compromisso em uma equipe. Equipes de trabalho autogovernadas. Equipes transfuncionais. Equipes virtuais. Criação de equipes eficazes. Fatores que determinam o sucesso de uma equipe. Elaboração do trabalho. Processos das equipes. Fundamentos e técnicas de motivação.

  3. TÉCNICAS DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO

    Análise de conflitos. Formas de expressão do conflito. Fontes ou causas dos conflitos. Fases ou etapas dos conflitos. Estratégias ou métodos para resolver conflitos. Manejo do conflito (fases e curva de resolução). Introdução às estratégias de resolução de conflitos. Estratégias de negociação. Estratégias de mediação (facilitação e consulta). Estratégias de arbitragem. Competências e habilidades para resolver conflitos. Competências emocionais necessárias para resolver conflitos. Competências pessoais. Competências sociais. Habilidades sociais. Habilidades dos especialistas em resolução de conflitos.

  4. TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL

    Modelos da teoria e da pesquisa em comunicação. O conteúdo ético da comunicação. O modelo do processo de comunicação como sistema. Barreiras na comunicação. Leis básicas da Comunicação Interpessoal. A personalidade e a comunicação interpessoal. As esferas cognitiva e afetiva na comunicação. Assertividade. A Comunicação Interpessoal funcional ou disfuncional. A Comunicação Interpessoal nas organizações. As principais atividades ligadas à Comunicação Interpessoal no trabalho. Conversas informais. As habilidades da Comunicação Interpessoal.

  5. COACHING E LIDERANÇA ORGANIZACIONAL

    Definição e tipos de coaching. Princípios do coaching. Coaching empresarial e executivo. Desenvolvimento de um processo de coaching. Coaching e mentoring. Ferramentas do coaching. Distinções do coaching. Coach e coachee. Níveis profissionais do coaching. Competências do coaching. Coaching empresarial.

  6. TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO

    Comunicação oral efetiva. Linguagem corporal. Retórica. Proxêmica. Imagem pública. Axiomas de imagem. Imagem profissional. Imagem física. Antropometria, Antropomorfologia. Prosopometria. Estudo da morfologia da face. Semiótica. Psicologia da cor. Círculo hermenêutico. Discurso e planejamento do conteúdo. Storytelling. A arte do convencimento. Comunicação e estilo de liderança. Medo e dominação. Apresentações eficazes. Dialética e dialógica. Habilidades da oratória: autoridade, energia e consciência do público.

  7. GESTÃO DO TEMPO E DIREÇÃO DE REUNIÕES

    Planejamento do trabalho e gestão eficaz do tempo: o tempo e seus atributos, planejamento e organização do tempo de trabalho, efetividade na gestão do tempo, regras de ouro para o uso do tempo. Priorização. Ferramentas e recursos do controle do tempo. Visão do futuro. Reuniões de trabalho: mitos e realidades, abordagem tradicional, tipos de reuniões, papéis nas reuniões, processo para aumentar a eficiência nas reuniões, dinâmica de grupo, técnicas de grupos. Planejamento, organização, direção e controle de reuniões eficazes. Novos paradigmas na gestão do tempo e das reuniões.

BLOCO 5: PROJETO FINAL

  1. METODOLOGIA DA PESQUISA

    Aspectos epistemológicos da pesquisa científica. O processo de pesquisa científica. Como iniciar uma pesquisa? O projeto: ponto de partida. Construção do referencial teórico. Elaboração da estratégia metodológica. O relatório de pesquisa.

  2. PROJETO FINAL

    O Projeto Final consiste na elaboração, por parte do aluno, de um trabalho de pesquisa no âmbito dos Recursos Humanos, que demonstre a integração dos conhecimentos e habilidades adquiridos ao longo do plano de estudos.


Observação: O conteúdo do programa acadêmico pode ser submetido a leves modificações, em função das atualizações ou das melhorias realizadas.

Direção

Direção Acadêmica

  • Dr. Emmanuel Soriano Flores. Doutor em Ciências em Educação Superior pela Universidad Autónoma Chapingo, México. Mestre em Inovação Educacional pela Universidad Pedro de Gante, Mestre em Negócios Internacionais e Graduado em Administração pela Universidad Nacional Autónoma de México (titulado com Menção Honorífica), Pós-graduado em Direção Financeira e Contabilidade pela Escuela de Negocios Europea de Barcelona. Mestre em Comunicação Empresarial e Corporativa pela Universidad Isabel I, Espanha. Professor de Graduação e Mestrado em diversas universidades do México nas áreas de Recursos Humanos, Direção e Planejamento Estratégico, Criação de Empresas, Teoria Administrativa e Imagem Pública. Experiência on-line como Professor e como criador de conteúdos na Universidad del Valle de México, Universidad La Salle e Fundação Universitária Iberoamericana. Professor e pesquisador convidado pela Universidad de Barcelona. Autor e coautor de diversas publicações científicas. Palestrante em congressos Internacionais.

Professores e Autores

  • Dr. Héctor E. López Sierra. Doutor em Psicologia e Mestre em Sociologia pela Universidad de Puerto Rico. Mestre em Filosofia Teológica e Ciências das Religiões pela Lutheran School of Theology at Chicago (Illinois - Estados Unidos da América). Realizou estudos de pós-graduação em Neurociência Crítica na McGill University (Quebec, Montreal - Canadá) e em Saúde Pública na State University of New York (Albany - Estados Unidos da América). É Decano Acadêmico e Professor Principal da Universidad Internacional Iberoamericana em Porto Rico. É psicólogo graduado em seu país natal, Porto Rico. Tem publicações em revistas acadêmicas arbitradas e indexadas tanto em seu país como internacionalmente. Autor e coautor de inúmeros livros, capítulos de livro e artigos de pesquisa sobre ciências humanas e ciências das religiões e psicologia oncológica e cuidados paliativos. É especialista no tema da ética compassiva dos cuidados psicoespirituais.
  • Dr. Jesús Sánchez Cortés. Doutor em Administração de Empresas pela Pontificia Universidad Católica de Puerto Rico. Mestre em Computação, Sistemas Informáticos pela Pace University de Nova Iorque. Mestre em Educação pela City, University of London. É certificado pela Microsoft (MCP). Possui 20 anos de experiência em atividades acadêmicas e administrativas em diferentes universidades de Porto Rico. Tem experiência no setor farmacêutico e bancário. Recebeu diferentes prêmios pela Pontificia Universidad Católica de Puerto Rico. Ministrou diversas palestras sobre Inteligência Emocional, Redes de Defesa Profissional, Formador de Formadores, Liderança Educacional, Técnicas e Estratégias para o marketing pessoal, Responsabilidade Social.
  • Dr. Andrés Osorio Londoño. Doutor em Engenharia: Indústria e Organizações pela Universidad Nacional de Colombia. Mestre em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento pela Universidad Politécnica de Cataluña. Engenheiro Industrial pela Universidad Nacional de Colombia. Sua trajetória profissional integra a consultoria, a docência e a pesquisa no campo da gestão estratégica dos recursos humanos. Em consultoria, trabalhou na criação e implementação da estratégia de gestão humana de pequenas, médias e grandes empresas da Colômbia e do México. Como docente e palestrante, compartilhou seu conhecimento em universidades, órgãos governamentais e empresas da Argentina, da Colômbia e do Peru. Pesquisador ativo no propósito de demonstrar como as práticas de gestão humana influenciam o desempenho empresarial. Coautor de publicações científicas sobre empreendedorismo e gestão humana. Foi tutor de disciplinas nas áreas de empresas, recursos humanos e projetos da rede universitária patrocinada pela Fundação Universitária Iberoamericana.
  • Dr. Fermín Ferriol Sánchez. Doutor em Ciências da Educação com especialização em Gestão Universitária pela Universidad de La Habana. Mestre em Administração. Professor do Ensino Médio. Graduado em Economia Política. Curso de Ensino em ambientes virtuais de aprendizagem. Cursou pós-graduações vinculadas às áreas de Pedagogia, Economia, Filosofia, Administração, Marketing, Administração Financeira, Negociação, Contabilidade, Criação de Estratégia Empresarial, Análise de Mercados, Desenvolvimento Organizacional, Relações Econômicas Internacionais, Gestão de Negócios, Gestão de Recursos Humanos, da Qualidade, Liderança, Aprendizagem Organizacional e Metodologia da Pesquisa. Atua há mais de 35 anos na educação superior. Foi chefe de cátedras em diferentes institutos superiores. Experiência como docente on-line em disciplinas relacionadas a: direção estratégica, marketing, administração, desenvolvimento gerencial, metodologia da pesquisa científica. Atualmente, é Coordenador de Doutorados da Universidad Internacional Iberoamericana (México).
  • Dra. Adriana Mayorga. Doutora em Engenharia de Projetos: ambiente, segurança, qualidade e comunicação pela Universidad Politécnica de Cataluña (UPC). Graduada em Psicologia. Mestra em Gestão de Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento. Curso de Ambientes virtuais de aprendizagem. Possui 13 anos de experiência profissional. Atuou como Adjunta e Assistente de Direção Comercial e Vendas de várias empresas dedicadas à docência e à pesquisa, como o Instituto Cancerológico. Especialista na Gestão de Recursos Humanos, Seleção de pessoal e Consolidação de equipes comerciais, Internacionalização e negócios para a CITIC. Autora de conteúdos para Book Marketing. Professora na modalidade virtual de disciplinas relacionadas com a Gestão do Talento Humano, Direção Comercial, Direção em Vendas e Marketing e Gestão de Riscos Laborais.
  • Dra. Laura Natalia Pérez Pérez. Doutora (Cum Laude) e Mestre em Ciências Cognitivas e Linguagem pela Universidad de Barcelona, Espanha. Diretora Acadêmica do Mestrado em Psicologia da Saúde da Universidad Internacional Iberoamericana do México e professora dessa universidade. Psicóloga e coach, fundadora da Florecimiento Humano. Experiência como pesquisadora na Universidad de Barcelona, Espanha. Experiência como psicóloga nos hospitais San Juan de Dios e La inmaculada, Colômbia.
  • Dra. Mayra González Ornes. Doutora em Educação, Aconselhamento e Educação pela Universidad Interamericana de Puerto Rico. Mestra em Educação, Aconselhamento e Orientação pela Universidad Interamericana de Puerto Rico. Professora nas áreas de Recursos Humanos e Psicologia na Universidad Internacional Iberoamericana. Participação em inúmeros workshops e conferências sobre liderança, mediação, personalidade, desenvolvimento, entre outros. Consultora responsável pela formação, pelo desenvolvimento e pela execução de novas ideias e conceitos em uma ampla variedade de projetos. Atuou como consultora profissional em diferentes universidades.
  • Dra. (c) Alba Helen Hernández Santana. Doutorando em Educação pela Universidad Internacional Iberoamericana. Mestre em Psicologia Social pela Universidad de La Habana. Especializou-se por mais de 20 anos na pesquisa e docência na esfera da Psicologia Organizacional. Atuou como consultora por mais de 15 anos, atendendo diversos setores e demandas. Possui vasta experiência em temas como Trabalho em Equipo e Desenvolvimento Organizacional, Pesquisa-Ação, Mediação de Conflitos e Redes Informais no contexto empresarial. Desenvolveu textos acadêmicos para a educação em entornos virtuais de aprendizagem, no âmbito da pós-graduação e publicou diversos artigos sobre os temas vinculados à Psicologia da Organização. Conta também com mais de 5 anos de experiência na geração de conteúdos, tutorias e orientação em dissertações para mestrados.
  • Dra (c). Vanessa Yélamos Torres. Doutoranda em Psicologia pela Universidad Internacional Iberoamericana. Mestra em Coaching Integral pelo Instituto Superior de Coaching de Barcelona com Acreditação pela ASESCO (em curso). Mestre em Coaching Sistêmico pela Universidad Autónoma de Barcelona, Espanha. Graduada em Psicologia pela Universidad de Barcelona, Espanha. Formação em constelações familiares. Experiência profissional vinculada à docência a distância por meio de ambientes virtuais, em temas de Coaching, Gestão de emoções, Liderança, entre outros. Experiência como psicóloga e coach, oferecendo espaços on-line e presenciais, no quais os clientes podem realizar processos de descoberta vital e transformação pessoal e profissional. Participação em vários workshops e seminários sobre Coaching Sistêmico e Transformacional. Colaboração em projetos educacionais. Formação complementar em ambientes virtuais.
  • Dra. (c) María Eugenia Luna Borgaro. Doutoranda do programa de Educação da Universidad Internacional Iberoamericana México (UNINI) na etapa de pesquisa. Máster em Direção de Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento pela Universidad de León, Espanha. Graduada em Psicologia pela Universidad de Guadalajara. Palestrante em conferências, cursos e workshops relacionados ao Planejamento estratégico, Psicologia laboral, Comunicação interna, Educação a distância. Curso em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Conta com 11 anos de experiência na área de educação em programas de graduação e pós-graduação ministrando disciplinas relacionadas à Administração de Empresas, Educação, Recursos Humanos. Atuou como coach empresarial para empreendedores de uma Incubadora de negócios pertencente à Universidad del Valle de Atemajac. Foi coordenadora do departamento municipal de editoras e periódicos, com funções relacionadas aos Recursos humanos.
  • Dra. (c) Julién Brito Ballester. Doutoranda em Educação, pela Universidad Internacional Iberoamericana. Mestra em Coaching Sistêmico pela Universidad Autónoma de Barcelona, Espanha. Mestra em Gestão de Recursos Humanos pela Universidad Autónoma de Barcelona, Espanha. Mestra em Psicologia Laboral e das Organizações pela Universidad de La Habana, Cuba. Sua trajetória profissional esteve vinculada à docência, pesquisa e consultoria no âmbito da Psicologia Organizacional e de outras áreas afins. Trabalhou fundamentalmente em funções de coordenação acadêmica, docência, seleção, formação e desenvolvimento, bem como na direção e implementação de diversos projetos de consultoria atendendo a diversas necessidades de intervenção organizacional e processos de mudança. Há mais de 10 anos, trabalha em uma linha de pesquisa vinculada ao desenvolvimento de competências.
  • Dra.(c) Elisângela dos Santos Faustino Röder. Doutoranda em Projetos pela Universidad Internacional Iberoamericana do México. Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduada em Letras Alemãs e em História. Possui experiência docente e de pesquisa em temas como educação, sociedade da informação, políticas públicas e agricultura familiar.
  • Dr. (c) Wánderson Cássio Oliveira Araujo. Doutorando do programa de Projetos da Universidad Internacional Iberoamericana México (UNINI). Professor efetivo do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Rondônia. Mestre em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina, na área de concentração Gestão da Informação e linha de pesquisa em Fluxos de Informação. Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Atua principalmente com os temas: gestão da informação, fluxo de informação, fontes de informação e inovação.
  • Dra. (c) Andrea Gutiérrez Jiménez. Psicóloga, Mestra em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento, Graduada em Educação perinatal. Trabalhou na área do desenvolvimento de pessoas em instituições de saúde, de educação e em empresas privadas. Possui mais de 15 anos de experiência na área docente. É consultora e palestrante. Também possui experiências transculturais. Gerou processos de mudança individuais e corporativos, na execução de projetos a curto e a médio prazos. Conta com uma Certificação Internacional como Facilitadora em Dinâmicas de Grupo outorgada em Lima (Peru) pela Organização GERZA. Possui formação complementar em ambientes virtuais.
  • Dra (c) Lina Patricia Pulgarín Osorio. Doutoranda em Projetos pela Universidad Internacional Iberoamericana (México). Mestra em Gestão Integrada do Ambiente, Qualidade e Prevenção pela Universidad Politécnica de Cataluña. Gestão Ambiental pela Universidad Tecnológica de Pereira. Possui experiência em coordenação ambiental, social e de saúde ocupacional em projetos de construção de infraestrutura, INGETEC S.A Contratista de Proyectos Ambientales, Corporación Autónoma Regional de Caldas – Corpocaldas. Professora em programas de pós-graduação em gestão ambiental e saúde ocupacional.
  • Dra. (c) María Fernanda Figueroa Calderón. Doutoranda do Programa de Atividade Física e Esporte da Universidad Internacional Iberoamericana México (UNINI). Mestra em Direção Estratégica Esportiva pela Universidad de Barcelona. Graduada em Gerência Esportiva e em Administração de Negócios pelo Iowa Wesleyan College. Curso de ensino em ambientes virtuais de aprendizagem. Possui 3 anos de experiência laboral em instituições da área do esporte em funções de coordenação de diferentes disciplinas esportivas. Foi consultora para a construção do modelo de Gestão do Complexo Esportivo da Universidad Nacional Autónoma de Honduras. Diretora da Especialização Direção e Habilidades para a Gestão de Centros Esportivos da UNINI. Professora de disciplinas relacionadas à gestão no Mestrado em Gestão Esportiva da UNINI.
  • Ma. Sonia Juliana Pérez Pérez. Mestra em Musicoterapia pela Universidad Nacional de Colombia. Graduada em Psicologia pela Universidad Nacional Abierta y a Distancia, Colômbia. Graduada em Antropologia pela Universidad de Los Andes, Colômbia. Graduada em Docência Universitária, Corporación Universitaria Taller 5. Alta competência para o desenvolvimento de processos educacionais, sociais e terapêuticos a partir da capacidade de compreensão, análise e visão proativa. Habilidades de escritura, leitura e pesquisa de primeiro nível. Possui experiência como docente e musicoterapeuta em diversas instituições universitárias, centros de formação e intervenção terapêutica na Colômbia.
  • Ma. Arlette Guadalupe Zárate Cáceres. Mestra em Psicologia Organizacional pelo Instituto de Estudios Universitarios. Mestra em Administração Educacional com ênfase em Educação Básica pelo Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey. Graduada em Psicologia Educacional pela Universidad Autónoma de Campeche e Especialista em Psicologia pela Sociedad Mexicana Forense. Sua trajetória profissional esteve vinculada ao atendimento de alunos com necessidades educacionais especiais e ao apoio no estabelecimento de estratégias didáticas no âmbito escolar. Tem experiência em orientação de grupos escolares nos níveis inicial, pré-escolar e básico, bem como na aplicação de processos de recrutamento de pessoal, desenvolvimento organizacional e clima laboral. Capacitadora certificada pelo Consejo Nacional de Normalización y Certificación de Competencias Laborais e reconhecida como Agente Capacitadora Externa na Secretaria del Trabajo y Previsión Social. Também atuou como docente de graduação e pós-graduação nas áreas de educação e psicologia e com aconselhamento aplicando processos de orientação vocacional e profissional baseados em competências.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.