Mestrado em Estudos Biológico-Naturistas especializado em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa

Apresentação do Programa

A Medicina Tradicional Chinesa é uma das mais antigas formas de medicina oriental desenvolvida na China ao longo de sua evolução cultural milenar; é composta por diversos tipos de terapias das quais destacam as terapias com ervas e alimentação e a acupuntura. Tais terapias estão sendo consideradas não apenas como parte importante da medicina alternativa e complementar, mas também como reforço da medicina convencional.

A quem é dirigido

Mestrado em Estudos Biológico-Naturistas especializado em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa tem como destinatários Titulados Universitários em Ciências da Saúde e àqueles graduados universitários, porém, não em Ciências da Saúde (devem superar um curso prévio de preparação) que:

  • Estejam interessados em aprofundar-se na prevenção de enfermidades;
  • Queiram aplicar a medicina biológica e/ou naturista ao tratamento de enfermidades.

Titulação

A superação com êxito do programa permitirá obter o grau de Mestrado em Estudos Biológico-Naturistas especializado em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa.

Os Diplomas serão expedidos pela Universidade na qual o aluno esteja matriculado com o patrocínio da Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER).

Estrutura do Programa

Com relação à distribuição do tempo, fica estabelecido que:

  • Por ser um programa a distancia e não estar sujeito à formação de turmas presenciais, não se estabelece uma data específica de início, razão pela qual o aluno pode formalizar a matrícula a qualquer momento, desde que haja vagas disponíveis.
  • Por motivos acadêmicos e de aprendizagem, dispõe-se de uma duração mínima de 12 meses, contabilizados a partir da data de entrega dos dois primeiros volumes até a data de finalização;
  • O tempo máximo do qual se dispõe para realizar o programa é de 24 meses. Nesse período de tempo, o aluno deve ter entregue todas as avaliações correspondentes.

A estrutura de créditos do programa de Mestrado em Estudos Biológico-Naturistas especializado em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa se apresenta na seguinte tabela:

  CRÉDITOSa DURAÇÃOb HORAS
1ª Parte: Introdutória 8 3 80
2ª Parte: Obrigatória 32 6 320
3ª Parte: Optativa 45 12 450
4ª Parte: Dissertação de Mestrado ou Estágio no Hospital da R.P. China 10 3 100
TOTAL 100 24 1000

a. A equivalência em créditos pode variar de acordo com a universidade que titula 
b. Duração em meses

Objetivos

Objetivos Geral

  • Facilitar, por meio das novas tecnologias da informação e da comunicação, mediante um processo de ensino-aprendizagem tutorizado, a atualização com relação às últimas notícias em torno da temática.

Objetivos específicos

  • Formar especialistas em Estudos Biológico-Naturistas especializados em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa.
  • Proporcionar aos alunos os conhecimentos necessários sobre as habilidades práticas necessárias para desenvolver seus conhecimentos em acupuntura e/ou fitoterapia tradicional chinesa.
  • Assegurar uma completa formação tipo teórico e prático (oficinas, práticas, estágio nos hospitais universitários de MTC da República Popular Chinesa).

Plano de estudos

O Mestrado em Estudos Biológico-Naturistas especializado em Acupuntura e/ou Fitoterapia Tradicional Chinesa apresenta uma estrutura curricular baseada em 4 partes formativas seqüenciais:

  • 1ª PARTE: INTRODUTÓRIA (80 HORAS)

A seguir, expõem-se as disciplinas da parte introdutória Fundamentos da Medicina Biológico-Naturista:

1ª PARTE: FUNDAMENTOS DA MEDICINA BIOLÓGICO-NATURISTA
# DISCIPLINAS HORAS
1 História da Medicina Biológico-Naturista 30
2 História E Filosofia da Medicina Tradicional Chinesa 20
3 Nutrição 20
4 Fitoterapia 10
TOTAL 80 
  • 2ª PARTE: OBRIGATORIA (320 HORAS)

A seguir, expõem-se as disciplinas da parte obrigatória Fundamentos da Medicina Tradicional Chinesa:

2ª PARTE: FUNDAMENTOS DE LA MEDICINA TRADICIONAL CHINA
# DISCIPLINAS HORAS
1 Teoria Básica (Parte I) 70
2 Teoria Básica (Parte II) 70
3 Diagnóstico 70
4 Diferenciação de Síndromes 70
5 Terapêutica da mtc 20
6 Auriculoterapia 20
TOTAL 320 

As oficinas e práticas clínicas serão realizadas nas Clínicas Guang an Men de Madri, Barcelona e Valência; e em centros concertados.

  • 3ª PARTE: OPTATIVA (450 HORAS)

Nesta parte o aluno deve escolher um dos dois programas que se expõem a seguir:

3ª PARTE: OPTATIVA ACUPUNTURA
# DISCIPLINAS HORAS
1 Meridianos e Pontos (Parte I) 80
2 Meridianos e Pontos (Parte II) 80
3 Técnicas Acupunturais 50
4 Acupuntura-Medicina Interna 60
5 Acupuntura-Especialidades 60
6 Práticas 120
TOTAL 450 
3ª PARTE: OPTATIVA FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA
# DISCIPLINAS HORAS
1 Farmacopéia 1 70
2 Farmacopéia 2 70
3 Prescrição 100
4 Tratamento em Fitoterapia (MI) 70
5 Dietética em Medicina Tradicional Chinesa 50
6 Práticas 90
TOTAL 450 
  • 4ª PARTE: DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU ESTÁGIO NO HOSPITAL DA R.P. DA CHINA (100 HORAS)

A última parte do programa está destinada à realização da Dissertação de Mestrado ou a um Estágio em um Hospital da República Popular da China.

A Dissertação de Mestrado deve-se basear no documento "Pautas de Elaboração do Trabalho Final de Curso" que o aluno receberá na primeira entrega do material didático.

Com relação ao Estágio em um Hospital da República Popular da China, serão formados vários grupos por ano, portanto, o estudante que escolher essa possibilidade deverá adequar sua disponibilidade às possibilidades existentes.

4ª PARTE: DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU ESTÁGIO NO HOSPITAL DA R.P. DA CHINA
# DISCIPLINAS HORAS
1 Dissertação de mestrado 100
TOTAL 100 

Descrições dos Cursos

1ª PARTE: INTRODUÇÃO

  1. FUNDAMENTOS DA MEDICINA BIOLÓGICO-NATURISTA

    1. HISTÓRIA DA MEDICINA BIOLÓGICO-NATURISTA

      Conceitos básicos da Medicina Naturista, a Medicina Naturista através da história e suas características atuais.

      INTRODUÇÃO À MEDICINA NATURISTA
      Conceitos básicos da Medicina Naturista. Quadro da Espanha.
      HISTÓRIA: A ORIGEM MÉDICA PARA ENTENDER A MEDICINA NATURISTA
      História dos primeiros médicos naturistas. Medicina baseada em evidências.
      AS MEDICINAS NATURISTAS PRIMITIVAS EM NOSSA HISTÓRIA
      O ayurveda da Índia Antiga. A tradição médica antiga no Egito, Mesopotâmia, Israel, Assírio-Babilônia. Medicina Chinesa. América pré-colombiana. A medicina na Grécia Antiga: a cura teúrgica ou espiritual. Ciência pré-socrática. Medicina Hipocrática. Outros autores.
      PARACELSO E SAMUEL HAHNEMANN. XV, XVI, XVIII E XIX
      Diferenças entre Galeno e Hipócrates.
      O NATURISMO MÉDICO NA MEDICINA ATUAL. RESUMO DO QUE FOI A MEDICINA NATURISTA NO SÉCULO XX NA ESPANHA
      Importância da Medicina Naturista no século XXI.
    2. HISTORIA E FILOSOFIA DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

      Fundamentos básicos da história e filosofia da Medicina Tradicional Chinesa e sua evolução ao longo do tempo.

      HISTÓRIA DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA
      O homem primitivo até a dinastia Shang - Yin (1027). Da dinastia Zhou até a época dos três reinos (1027 a.C. - 265 d.C.): desenvolvimento da Medicina e Farmacopeia Chinesa. Desde as dinastias Xi Jin e Hou Jin até as dinastias Sui, Tang e Wudai (265 d.C. - 960 d.C.). Plenitude da Medicina e Farmacopeia Chinesa. Dinastias Song e Ming (960 - 1368 d.C.). Sistematização médica, desenvolvimento e discussões de aprendizagem. Da dinastia Ming até a atualidade. Novos desenvolvimentos na teoria médica e da prática.
      FILOSOFIA DA MTC
      Cosmologia. Escolas clássicas de pensamento.
    3. NUTRIÇÃO

      Estudo da bioquímica básica dos carboidratos, das proteínas, dos lipídios, das vitaminas e dos minerais, assim como do balanço hídrico corporal.

      CARBOIDRATOS
      Reservas corporais de carboidratos. Carboidratos na dieta. Fibras.
      LIPÍDEOS
      Reservas corporais de lipídios. Lipídios na dieta.
      PROTEÍNAS
      Reservas corporais de proteínas. As proteínas na dieta. Fontes alimentares.
      LAS VITAMINAS
      Principais funções e importância. Vitaminas hidrossolúveis. Vitaminas lipossolúveis.
      MINERAIS E ELEMENTOS TRAÇO
      Os minerais. Os elementos traço. Apêndice: ingestão diária recomendada de sais minerais e elementos traço
      ÁGUA
      Distribuição de água no corpo humano. Propriedades biológicas da água. Quantidades necessárias de água.
    4. FITOTERAPIA (MTC)

      Estudo das diferentes formas de preparo, dos principais medicamentos e da aplicação destes com fins fitoterapêuticos.

      ASPECTOS GERAIS
      Definição de fitoterapia. História da fitoterapia. Notícias da fitoterapia.
      FITOTERAPIA E FARMACOLOGIA
      Conceitos. Farmacocinética. Farmacodinâmica. Toxicologia. Interações.
      BOTÂNICA
      As células vegetais eucarióticas e procarióticas. Partes da planta. A diversidade do reino vegetal. Classificação botânica. Nomenclatura botânica.
      DA PLANTA AO PREPARO GALÊNICO
      Obtenção. Coleta. Conservação. Armazenamento. Principais formas de preparo das plantas medicinais.

2ª PARTE: OBRIGATÓRIA

  1. FUNDAMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

    1. TEORIA BÁSICA (PARTE I)

      Elementos teóricos fundamentais do pensamento da Medicina Tradicional Chinesa, teorias específicas e definição de termos.

      MEDICINA CHINESA: INTRODUÇÃO E CONCEITOS GERAIS
      Introdução. Teoria do Yin - Yang. Teoria das Cinco Fases ou Cinco Elementos. Anexos.
      SUBSTÂNCIAS VITAIS: QI, XUE, JINYE, JING
      O Qi. O Sangue, Xue. Fluidos Corporais, Jinye. Relações entre Qi, Xue e Jinye (sangue, energia e fluidos corporais).
      OS ÓRGÃOS E AS SUAS ÁREAS FUNCIONAIS I. OS ZANG
      Teoria dos Zangfu, introdução e conceitos gerais. As Cinco Vísceras (Zang). Anexos.
      OS ÓRGÃOS E AS SUAS ÁREAS FUNCIONAIS II. O ZANGFU: OS FU (ENTRANHAS) E OS QIHENGZHIFU (ORGÃOS EXTRAORDINÁRIOS)
      Os orgãos e as suas áreas funcionais: as seis entranhas (Liu Fu). O Qihengzhifu: órgãos anexos e entranhas extraordinárias. Relações entre os Zang (Zang e Zang). Relações entre Vísceras e Entranhas.
    2. TEORIA BÁSICA (PARTE II)

      Teoria e definição dos meridianos ou vias energéticas, estudo da etiologia de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa e reconhecimento e diferenciação dos sinais e sintomas indicadores de desarmonia

      MERIDIANOS OU VIA ENERGÉTICAS: O JING LUO, SISTEMA DE MERIDIANOS E COLATERAIS
      O Jing Luo. Os Meridianos principais. Os 8 Meridianos Suplementares (Qijing, Qi Jing). Os 12 Ramos Secundários. Os 12 Meridianos Tendinomusculares. As 12 Áreas Cutâneas (dermátomos). Os Meridianos LUO, ou Colaterais. Circulação detalhada dos 14 meridianos (12 Principais e 2 Suplementares). Circulação detalhada dos 8 meridianos extraordinários.
      ETIOLOGIA NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA
      Conceito de Etiologia de acordo com a MTC. Os Seis Fatores Climáticos. Fatores infecciosos. Fatores psíquicos: as SETE Emoções. Fatores nutricionais, fadiga excessiva e descanso excessivo. Traumatismos: Fatores Traumáticos. Tanyin (Tan - Yin) e Estase Sanguínea.
      FISIOPATOLOGIA NA MEDICINA CHINESA
      Sistema imunológico e Fatores Patógenos. Conceitos e interações. Estado do sistema de defesa e do fator patógeno. Mudanças de tipo SHI e XU. Desequilíbrios de Yin e Yang. Fisiopatologia do Qi e do Sangue. Fisiopatologia dos Fluidos Corporais. Fisiopatologia: alterações internas. Alterações patológicas dos Meridianos. Fisiopatologia de Órgãos.
    3. DIAGNÓSTICO

      Estudo dos princípios fundamentais e dos processos de diagnóstico na Medicina Tradicional Chinesa.

      INTRODUÇÃO
      Princípios do Diagnóstico na Medicina Tradicional Chinesa. Métodos Diagnósticos.
      A OBSERVAÇÃO - WANG -
      Introdução. A observação geral do paciente. A observação da aparência e do comportamento. Observação de determinadas partes do corpo. A pele. Observação do dedo indicador em crianças. Observação da área dos meridianos. Observação da língua. A constituição.
      AUSCULTAÇÃO E OLFATO - WEN -
      Ausculta. Olfato.
      O QUESTIONÁRIO - WEN -
      O protocolo do questionário. Sobre o frio e o calor. Sobre transpiração. Sobre a dor - Tong . A cabeça e o corpo. Tórax e abdômen. Sobre os ouvidos e olhos. Sobre o sono. Sobre bebidas e comidas. Sobre as fezes e a urina. Temas específicos do sexo masculino. Temas específicos do sexo feminino. Temas específicos de crianças.
      O TOQUE
      Palpação do pulso. A palpação do corpo.
    4. DIFERENCIAÇÃO DE SÍNDROMES

      Aplicação de procedimentos para a Diferenciação de Síndromes.

      METODOLOGIA E IDENTIFICAÇÃO DE SÍNDROMES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS, QI, XUE E JINYE, ETIOLOGIA E CINCO ELEMENTOS
      Introdução. Métodos para a identificação de síndromes. Identificação das síndromes segundo Oito Princípios (Ba Gang). Identificação de síndromes segundo o Qi, o sangue e os fluidos corporais. Identificação das síndromes de acordo com a etiologia. Identificação das síndromes de acordo com os Cinco Elementos.
      DIFERENCIAÇÃO DE SÍNDROMES DE ACORDO COM OS MERIDIANOS, SHANG HAN LUN, WEN BING E SANJIAO
      Identificação das síndromes segundo os Meridianos Principais. Identificação de síndromes de acordo com o Shan Han Lun. Identificação das síndromes de acordo com o Wen Bing (Wei, Qi, Ying, Xue). Identificação das síndromes segundo Sanjiao.
      IDENTIFICAÇÃO DAS SÍNDROMES DE ACORDO COM OS ÓRGÃOS (ZANGFU)
      Identificação das síndromes do Coração e Intestino Delgado. Identificação das síndromes de Pulmão e de Intestino Grosso. Identificação das síndromes do Baço e do Estômago. Identificação das síndromes do fígado e da Vesícula Biliar. A identificação das síndromes do Rim e da Bexiga. Síndromes que afetam mais de um órgão (Síndrome Mista).
    5. TERAPÊUTICA DA MTC

      Aplicação dos princípios terapêuticos e a história clínica aplicada à Medicina Tradicional Chinesa.

      PPRINCÍPIOS DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO
      Prevenção (Yu Fang). Tratamento (Zhi Ze). Métodos de tratamento e prescrições clássicas. Os princípios terapêuticos.
      A HISTÓRIA CLÍNICA DA MTC
      A importância da História Clínica. Aspectos relevantes na elaboração da História Clínica. Aspectos psicossociais da História Clínica. Aspectos gerais da História Clínica. Os aspectos específicos da História Clínica na MTC. Síntese de diagnóstico e objetivos terapêuticos. Exemplos de Formulários.
    6. AURICULOTERAPIA

      Estudo da história e conceitos utilizados na auriculoterapia, assim como no reconhecimento da anatomia auricular, distribuição e utilização dos pontos auriculares no tratamento de diversas patologias.

      TEORIA DA AURICULOTERAPIA
      Introdução. História da auriculoterapia. As diferenças entre as escolas. Vantagens e indicações da auriculoterapia. Interações com outros métodos terapêuticos. Diferenças entre auriculoterapia e acupuntura.
      ANATOMIA AURICULAR E LOCALIZAÇÃO DOS PONTOS
      Inervação e vascularização da orelha. Regiões anatômicas da orelha. Distribuição dos pontos auriculares. Localização e indicações dos pontos ou áreas auriculares.
      PRÁTICA DA AURICULOTERAPIA
      Detecção dos pontos e diagnóstico. Seleção de pontos. Reações no paciente, complicações e precauções. Contra-indicações e parco resultado.
      MÉTODOS DE TRATAMENTO
      Métodos de Tratamento.
      REPERTÓRIO TERAPÊUTICO
      As regras gerais. Sistema nervoso. Aparelho urogenital. Aparelho respiratório. Distúrbios da articulação. Sistema cardiovascular. Aparelho digestivo. Ginecologia e obstetrícia. Oftalmologia, otorrinolaringologia e estomatologia. Dermatologia. Endocrinologia. Fórmulas básicas (FB) da auriculoterapia chinesa. Tabagismo.

3ª PARTE: OPTATIVA

  1. PARTE OPTATIVA 1: ACUPUNTURA

    1. MERIDIANOS E PONTOS (PARTE I)

      Estudo da nomenclatura, metodologia de localização, características e aplicações terapêuticas dos pontos acupunturais.

      O PONTO ACUPUNTURAL (XUE)
      Conceito de ponto de acupuntura. Hipóteses de seu conhecimento. Classificação. Ações gerais dos pontos de acupuntura. Métodos de identificação de pontos de acupuntura.
      PONTOS ACUPUNTURAIS ESPECÍFICOS
      Pontos Shu - transporte (Wu Shu Xue). Ponto Yuan (Capital ou Fonte). Pontos Luo (Enlace). Pontos Xi (Fenda). Pontos Shu - Dorsal (Bei Shu Xue). Pontos Mu - ventral. Pontos de Abertura ou confluência dos meridianos extraordinários (Ba Mai Jiao Hui Xue). Pontos de Encontro (Ba Hui Xue). Pontos He - Inferiores (Xia He Xue). Pontos Janela do Céu (Tian Qi Xue You). Os pontos de passagem (Jiao Hui Xue). Combinações de pontos específicos.
      MERIDIANO DO PULMÃO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Taiyin da mão (Pulmão). Compilação dos Jinglu do Pulmão. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Pulmão.
      MERIDIANO DO INTESTINO GROSSO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Yangming da mão (Intestino Grosso). Compilação dos Jing Luo do Intestino Grosso. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Intestino Grosso.
      MERIDIANO DO ESTÔMAGO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Yangming do pé (Estômago). Compilação dos Jing Luo do Estômago. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Estômago.
      MERIDIANO DO BAÇO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Taiyin do pé (Baço). Compilação dos Jing Luo do Baço. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Baço.
      MERIDIANO DO CORAÇÃO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Shaoyin da mão (Coração). Compilação dos Jing Luo do Coração. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do Meridiano do Coração.
      MERIDIANO DO INTESTINO DELGADO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Meridiano Taiyang da mão (Intestino Delgado). Compilação dos Jing Luo do Intestino Delgado. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Intestino Delgado.
    2. MERIDIANOS E PONTOS (PARTE II)

      Conceito de ponto energético com suas respectivas nomenclaturas, características, funções, aplicações e localizações e o estudo detalhado da localização dos pontos acupunturais e dos trajetos dos canais em relação às regiões anatômicas.

      MERIDIANO DA BEXIGA: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo da Bexiga. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano da Bexiga.
      MERIDIANO DO RIM: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo do Rim. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Rim.
      MERIDIANO DO PERICÁRDIO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo do Pericárdio. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Pericárdio.
      MERIDIANO DO SANJIAO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo de Sanjiao. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Sanjiao.
      MERIDIANO DA VESÍCULA BILIAR: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo da Vesícula Biliar. Localização, função e indicações de diferentes partes do meridiano da Vesícula Biliar.
      MERIDIANO DO FÍGADO: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo do Fígado. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Fígado.
      MERIDIANO DO REN MAI: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo do Mai Ren. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do Ren Mai.
      MERIDIANO DU MAI: PONTOS ESPECÍFICOS, LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Compilação dos Jing Luo do Du Mai. Localização, função e indicações dos diferentes pontos do meridiano do Du Mai.
      MERIDIANOS EXTRAORDINÁRIOS: LOCALIZAÇÃO E FUNÇÃO ENERGÉTICA
      Chong Mai. Dai Mai. Yinqiao Mai. Yangqiao Mai. Yinwei Mai. Yangwei Mai.
      PONTOS EXTRAORDINÁRIOS
      Pontos da Cabeça e do Pescoço. Pontos das Costas. Pontos do tórax e do abdômen. Pontos dos membros superiores. Pontos dos membros inferiores.
    3. TÉCNICAS ACUPUNTURAIS

      Estudo das diferentes técnicas de acupuntura, dos protocolos de assepsia e das técnicas de fixação e manipulação das agulhas.

      ACUPUNTURA
      Aspectos gerais. Tipos de agulhas. Técnicas de fixação da agulha. Prática das técnicas de inserção e manipulação. Preparação para o tratamento de acupuntura. Técnicas de inserção. Ângulo, direção e profundidade da inserção. O "De Qi". Retenção e remoção da agulha. Técnicas de manipulação de agulhas em pontos de acupuntura. Técnicas gerais de tonificação e dispersão. Técnicas complexas. Acupuntura transfixante. Prevenção e tratamento contra acidentes.
      MOXIBUSTÃO
      Aspectos gerais. Indicações e contra-indicações. Técnicas de moxibustão. Métodos de tonificação e dispersão com moxibustão. Precauções.
      VVENTOSAS, MICROSSANGRADURAS, ACUPUNTURA E ACUPUNTURA INTRADÉRMICA
      Ventosas. Terapia de microssangradura. Acupuntura cutânea. Acupuntura intradérmica.
      CRANEOPUNTURA, ELETROACUPUNTURA E LASER
      Craneopuntura. Acupuntura no crânio. Eletroacupuntura. Laser.
    4. ACUPUNTURA-MEDICINA INTERNA

      Mecanismos de ação e princípios de tratamento da acupuntura e da moxibustão nas patologias cardiorrespiratórias, gastrointestinais, do sistema nervoso, reumáticas, psicoemocionais e geniturinárias.

      TERAPIA COM ACUPUNTURA E MOXIBUSTÃO
      Mecanismos terapêuticos com acupuntura e moxibustão. Princípios de tratamento com acupuntura e moxibustão. A arte de fazer prescrições.
      MEDICINA INTERNA I. DOENÇAS CARDIORRESPIRATÓRIAS
      Resfriado comum. Tosse. Asma. Palpitações. A transpiração excessiva. Síndrome Bi torácica. Arritmia cardíaca.
      MEDICINA INTERNA II. DOENÇAS GASTROINTESTINAIS
      Gastralgia. A dor abdominal. Diarreia. Prisão de ventre. Náuseas e vômitos. Dor no hipocôndrio. Refluxo ácido. Síndrome do intestino irritável. Edema. Síndrome de Xiao Ke (Diabetes). Lassidão (CFS). Obesidade.
      MEDICINA INTERNA III. DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO. DOENÇAS REUMÁTICAS
      Acidente vascular cerebral (AVC). Dor de cabeça. Tontura e vertigem. Neuralgia do trigêmeo. Bi síndrome (artralgia). Ombro Congelado ou Periartrite Escápulo-umeral. Ciatalgia. Dor lombar.
      MEDICINA INTERNA IV. DISTÚRBIOS PSICOEMOCIONAIS. DOENÇAS DO APARELHO GENITURINÁRIO
      Insônia. Sonolência. Diminuição da Memória. Síndrome do maníaco depressivo. Melancolia. Síndrome Lin (retenção urinária), infecção do trato urinário. Impotência.
    5. ACUPUNTURA-ESPECIALIDADES

      Visão geral das patologias ginecológicas, pediátricas, oftalmológicas e dermatológicas e as estratégias de tratamento com acupuntura e moxibustão.

      TRATAMENTO DE PATOLOGIAS GINECOLÓGICAS
      Aspectos gerais da ginecologia. Irregularidades no ciclo menstrual. Alterações menstruais. Patologias da gravidez. Patologias pós-parto. Infertilidade.
      PEDIATRIA
      Características fisiológicas e patológicas da pediatria. Períodos de desenvolvimento infantil. Princípios terapêuticos. Acupuntura e moxibustão em pediatria. Enurese infantil. Tosse convulsa. Diarreia infantil. Desnutrição infantil. Caxumba. Escarlatina. Cinco atrasos.
      OTORRINOLARINGOLOGIA E OFTALMOLOGIA
      O ouvido. Patologias relacionadas com o ouvido. O nariz e a garganta. Patologias do nariz. Faringe e laringe. Boca e dentes. Oftalmologia. Enfermidades oculares.
      DERMATOLOGIA, CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA
       
    6. PRÁCTICAS-ACUPUNTURA

      Realização de práticas presenciais obrigatórias.

  2. PARTE OPTATIVA 2: FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA

    1. FARMACOPEIA 1

      Estudo detalhado dos Suplementos Energéticos Tradicionais Chineses.

      INTRODUÇÃO À MATÉRIA MÉDICA E CONCEITOS GERAIS DA FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA
      Introdução à Fitoterapia Chinesa. Breve introdução histórica às Substâncias Medicinais Chinesas. Terminologia Farmacológica utilizada para essas substâncias. Propriedades medicinais das substâncias em MTC. Elaboração de substâncias medicinais chinesas.
      SUBSTÂNCIAS LIBERADAS PELO EXTERIOR
      Aspectos gerais das Substâncias Liberadas pelo Exterior. Substâncias Liberadas pelo Exterior - o Vento Frio: diaforéticas e mornas. Substâncias Liberadas pelo Exterior - o Vento Quente: diaforéticas e frescas.
      SUBSTÂNCIAS QUE ELIMINAM CALOR
      Aspectos gerais das matérias que Eliminam Calor. Substâncias que Drenam o Calor e o Fogo. Substâncias que resfriam o sangue. Substâncias que Drenam o Calor e Absorvem a Umidade. Substâncias que Eliminam Calor Tóxico. Substâncias que eliminam o Calor por Insuficiência.
      SUBSTÂNCIAS PURGATIVAS (LAXANTES)
      Aspectos gerais das substâncias purgativas. Substâncias purgativas.
      SUBSTÂNCIAS EXPELIDAS PELO VENTO - UMIDADE
      Aspectos gerais das substâncias que expelem Vento - Umidade. Substâncias que expelem Vento - Umidade.
      SUBSTÂNCIAS QUE DRENAM A UMIDADE
      Aspectos gerais das Substâncias que Drenam a Umidade. Substâncias que drenam a umidade.
      SUBSTÂNCIAS QUE TRANSFORMAM O TAN E ALIVIAM A TOSSE
      Aspectos gerais das substâncias que Transformam o Tan e aliviam a tosse. Substâncias que Transformam o Tan e eliminam o Frio. Substâncias que Transformam o Tan e eliminam o Calor. Substâncias que Aliviam a tosse e a sibilância.
    2. FARMACOPEIA 2

      Estudo detalhado dos Suplementos Energéticos Tradicionais Chineses.

      SUBSTÂNCIAS AROMÁTICAS QUE TRANSFORMAM A UMIDADE
      Aspectos gerais das substâncias aromáticas que transformam a Umidade. Substâncias aromáticas que transformam a Umidade.
      SUBSTÂNCIAS QUE DISPERSAM A RETENÇÃO DE ALIMENTOS E SUBSTÂNCIAS QUE REGULAM O QI
      Aspectos gerais das substâncias que dispersam a retenção de alimentos. Substâncias que dispersam a retenção de alimentos. Aspectos gerais das substâncias que regulam o Qi.
      SUBSTÂNCIAS QUE REGULAM O SANGUE
      Aspectos gerais das substâncias que regulam o Sangue. Substâncias que ativam o Xue e eliminam a estase. Substâncias que evitam as hemorragias.
      SUBSTÂNCIAS QUE AQUECEM O INTERIOR E ELIMINAM O FRIO POR INSUFICIÊNCIA
      Aspectos gerais das substâncias que aquecem o interior e eliminam o Frio por Insuficiência. Substâncias que aquecem o interior e eliminam o Frio.
      SUBSTÂNCIAS QUE TONIFICAM
      Aspectos gerais das substâncias que tonificam. Substâncias que tonificam o Qi. Substâncias que tonificam o Sangue. Substâncias que tonificam o Yang. Substâncias que tonificam o Yin.
      SUBSTÂNCIAS ADSTRINGENTES
      Aspectos gerais das substâncias adstringentes. Substâncias adstringentes.
      SUBSTÂNCIAS QUE ACALMAM O SHEN
      Aspectos gerais das substâncias que acalmam o Shen. Substâncias que estagnam, enraízam e acalmam o Shen. Substâncias que nutrem o Coração e acalmam o Shen.
      SUBSTÂNCIAS QUE ELIMINAM VENTO E ACALMAM TREMORES, SUSTÂNCIAS AROMÁTICAS QUE ABREM ORIFÍCIOS
      Aspectos gerais das substâncias que eliminam Vento e acalmam tremores. Aspectos gerais das substâncias aromáticas que “abrem” orifícios. Substâncias que eliminam Vento e acalmam tremores. Sustâncias aromáticas que “abrem” orifícios.
    3. PRESCRIÇÃO

      Metodologia de elaboração, recomendações e precauções, benefícios e riscos das combinações de Suplementos Energéticos Tradicionais Chineses.

      INTRODUÇÃO À PRESCRIÇÃO EM MTC
      Sobre as substâncias. Breve panorama da história da prescrição na MTC. Critérios para a classificação das fórmulas. A fórmula de matérias medicinais segundo a MTC.
      FÓRMULAS LIBERADAS PELA SUPERFÍCIE
      Aspectos gerais. Fórmulas liberadas pela superfície do Vento - Frio externo. Fórmulas liberadas pela superfície do Vento - Calor externo. Fórmulas liberadas pelo exterior em situações de insuficiência interna.
      FÓRMULAS QUE ELIMINAM CALOR (RESFRIAM)
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que eliminam o Calor do aspecto Qi. Fórmulas que eliminam o Calor no Ying e resfriam o sangue. Fórmulas que eliminam o Calor e toxinas. Fórmulas que eliminam Calor dos Zangfu. Fórmulas que eliminam o Calor por insuficiência. Fórmulas que tratam o Calor Estival.
      FÓRMULAS PURGANTES (LAXANTES)
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas purgantes de acúmulo de Calor. Fórmulas que hidratam e desbloqueiam o intestino. Fórmulas que aquecem o Yang e purgam o acúmulo.
      FÓRMULAS QUE HARMONIZAM
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que harmonizam o Shaoyang. Fórmulas que harmonizam o Fígado e o Baço. Fórmulas que harmonizam o Estômago e os Intestinos.
      FÓRMULAS PARA EXPULSAR A UMIDADE
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que transformam a Umidade turva. Fórmulas que eliminam Umidade - Calor. Fórmulas que drenam Água - Umidade. Fórmulas que eliminam Vento - Umidade.
      FÓRMULAS QUE TRANSFORMAM O TAN
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que secam a Umidade e transformam o Tan. Fórmulas que hidratam o ressecamento e transformam o Tan. Fórmulas que eliminam Calor e transformam o Tan. Fórmulas que transformam o Tan e eliminam Vento. Outras fórmulas do grupo.
      FÓRMULAS QUE AQUECEM O INTERIOR
      Aspectos gerais. Fórmulas que aquecem o Jiao Médio e expulsam o Frio. Fórmulas que regeneram o Yang devastado. Fórmulas que esquentam os meridianos e expulsam o Frio.
      FÓRMULAS QUE TONIFICAM
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que tonificam o Qi. Fórmulas que tonificam o Sangue. Fórmulas que tonificam o Yin. Fórmulas que tonificam o Yang. Outras fórmulas tonificantes.
      FÓRMULAS QUE REGULAM O QI
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que ativam o Qi. Fórmulas que diminuem o Qi no sentido contrário.
      FÓRMULAS QUE ATIVAM O SANGUE E FÓRMULAS QUE DETÊM HEMORRAGIAS
      Aspectos gerais das fórmulas que ativam o Sangue. Fórmulas que tratam a estase mediante a ativação do Sangue. Fórmulas que eliminam a estase do Sangue e aquecem os meridianos. Aspectos gerais das fórmulas que detêm Hemorragias. Fórmulas que detêm hemorragias mediante eliminação de Calor. Fórmulas que detêm hemorragias mediante ação tonificante.
      FÓRMULAS QUE CONSOLIDAM E ADSTRINGEM
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas adstringentes que consolidam o exterior e detêm a transpiração. Fórmulas que consolidam os intestinos e adstringem a diarreia. Fórmulas que consolidam Ren Mai - Chong Mai e adstringem o sangramento uterino. Outras fórmulas adstringentes
      FÓRMULAS QUE ACALMAM O SHEN
      Aspectos gerais do grupo. Fórmulas que nutrem o Coração e acalmam o Shen.
      FÓRMULAS QUE EXPULSAM E ELIMINAM O VENTO E FÓRMULAS QUE ELIMINAM A RETENÇÃO DE ALIMENTOS
      Aspectos gerais das fórmulas que expulsam e eliminam o Vento. Fórmulas que expulsam o Vento Externo. Fórmulas que eliminam o Vento Interno. Aspectos gerais das fórmulas que eliminam a retenção de alimentos.
    4. TRATAMENTO EM FITOTERAPIA (MI)

      Aplicação de combinações de Suplementos Energéticos Tradicionais Chineses para a resolução de cada síndrome específica.

      PATOLOGIA I
      Resfriado. Tosse. Asma - Xiao Zheng. Dispneia - Chuan Zheng. Palpitações (Transtornos do ritmo cardíaco). Bi Toráxico. Insônia. Depressão - Yu Zheng.
      PATOLOGIA II
      Gastralgia. Dor abdominal. Diarreia. Disenteria. Prisão de ventre. Vômito. Icterícia. Diabetes (Xiao Ke). Hemorragias - Xue Zheng: Epistaxe e Gingivorragia.
      PATOLOGIA III
      Edemas. Zhong Feng: Acidente Vascular Cerebral Agudo (AVCA). Síncope - Jue Zheng. Cefaleia. Vertigem e tontura (Xuan Yun). Disúria e estrangúria - Long Bi ou Lin Zheng. Síndrome Bi. Lumbago.
    5. DIETÉTICA EM MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

      Estudo das práticas terapêuticas relacionadas com a alimentação e a Dietética Tradicional Chinesa.

      INTRODUÇÃO E CONCEITOS GERAIS DA DIETÉTICA TRADICIONAL CHINESA
      Introdução à Dietética Tradicional Chinesa. Breve historia da Dietética Chinesa. A fisiologia digestiva segundo a MTC. As características dos alimentos. As técnicas de preparo. Os principais alimentos. O tratamento dietético segundo a diferenciação de síndromes.
    6. PRÁCTICAS - FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA

      Realização de práticas presenciais obrigatórias.

4ª PARTE: DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU RESIDÊNCIA EM UM HOSPITAL DA REPÚBLICA POPULAR DA CHINA

A última parte do Mestrado está destinada à realização da Dissertação de Mestrado ou à Residência em um Hospital da República Popular da China

Sobre a Residência em um Hospital da República Popular da China, serão formados vários grupos ao longo do ano. O aluno que optar pela Residência deverá adequar sua disponibilidade às possibilidades existentes.


Observação: O conteúdo do programa acadêmico pode estar sujeito a pequenas modificações, em função de atualizações ou de melhorias efetuadas

Direção

  • Dra. Carmen Peréz Morales. Professora Titular de Botânica da Universidade de León.
  • Dr. Carlos Llopis Martínez. Secretário geral da Fundação Européia de Medicina Tradicional Chinesa. Diretor do departamento de Fitoterapia Tradicional Chinesa da Escola Superior de MTC.

Coordenação

  • Dra.(c) Irma Domínguez Azpíroz. Coordenadora Acadêmica da Área de Saúde e Nutrição da FUNIBER.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.