Mestrado em Infraestrutura e Engenharia Civil

Apresentação do Programa

O Mestrado em Infraestrutura e Engenharia Civil oferece formação abrangente, por meio de um programa acadêmico sólido e competitivo, respaldado pela experiência de treinamento e carreira acadêmica de profissionais das ciências relacionadas à Engenharia Civil, em um contexto internacional.

Nesse sentido, os graduados serão profissionais altamente capacitados para propor soluções inovadoras no campo da engenharia e gerenciamento de infraestrutura, além de dispor das ferramentas necessárias para realizar o ensino, a geração e a aplicação de conhecimentos. Os profissionais, ao final deste programa, serão competentes para:

  • Projetar, avaliar e executar projetos de engenharia civil.
  • Diagnosticar e avaliar estruturas existentes.
  • Planejar, desenvolver e executar obras civis protegidas contra terremotos.
  • Desenvolver tecnologias para redução de riscos.
  • Desempenhar funções de engenharia e gestão de infraestrutura nos setores público e privado.
  • Atuar como professor e/ou pesquisador, no nível universitário.

A quem é dirigido

O programa é destinado a profissionais da área de engenharia, interessados em aprofundar assuntos relacionados ao desenho, avaliação e construção de projetos de engenharia civil, que desejam treinamento técnico e tecnológico avançado nessas áreas, com um enfoque de sustentabilidade ambiental.

Para acessar o programa, o candidato deve ter um diploma universitário ou equivalente.

Titulação

A conclusão bem sucedida do Programa permitirá a obtenção do Mestrado em Infraestrutura e Engenharia Civil.

Os estudantes receberão o título emitido pela Universidade onde se matricularam.

Estrutura do Programa

O programa é composto por 100 créditos distribuídos em quatro módulos, três obrigatórios e um opcional, com foco na especialização.

Por se tratar de um programa a distância e não sujeito a aulas presenciais, não é estabelecida uma data de início específica, pelo que o aluno possa formalizar a matrícula a qualquer momento, desde que haja vagas disponíveis. O tempo máximo disponível para concluir o programa é de 24 meses. A distribuição dos módulos é descrita na tabela a seguir:

MÓDULOS CRÉDITOSa
Módulo 1: Cursos Básicos 32
Módulo 2: Cursos Troncais 29
Módulo 3: Cursos de Especialização Opcionais 27
Módulo 4: Projeto Final 12
TOTAL 100

a. A equivalência em créditos pode variar dependendo da universidade que se titule. Um (1) crédito ECTS (European Credit Transfer System/Sistema Europeu de Transferência de Créditos) equivale a 10 + 15 horas. Se o aluno cursa o Programa matriculado em uma universidade que não pertença ao Espaço Europeu de Ensino Superior (EEES), a relação entre créditos - horas pode variar.

Objetivos

Objetivo geral

  • Formar profissionais altamente qualificados para desenvolver e executar projetos de engenharia civil e pesquisa.

Objetivos específicos

  • Analisar e sintetizar informações relacionadas ao campo da Engenharia Civil, favorecendo o pensamento lógico e o raciocínio científico nas áreas mais relevantes da profissão.
  • Gerenciar adequadamente suas atividades focadas no desenvolvimento da infraestrutura.
  • Transmitir seus conhecimentos em bases pedagógicas e didáticas, tanto nas ações individuais quanto nas coletivas.
  • Valorizar de forma ética e humanística todos os atos que realizam e as equipes sob sua responsabilidade.
  • Assumir com responsabilidade, eficácia e eficiência as funções de gestão que lhe são confiadas.
  • Gerenciar suas equipes de trabalho com base em liderança e comunicação eficazes.
  • Elaborar e promover pesquisas voltadas para a solução de problemas relacionados à Engenharia Civil.

Saídas Profissionais

Dependendo dos interesses profissionais dos graduados, após a conclusão satisfatória de seus estudos, é possível:

  • Apresentar-se como consultor ou consultora.
  • Realizar tarefas de gerente de risco com a capacidade de avaliar estruturas existentes ou desenvolver tecnologias inovadoras.
  • Consolidar-se no desenvolvimento de engenharia com competências para planejar, desenvolver e executar obras civis seguras e funcionais.
  • Estabelecer-se como gerente de projetos de infraestrutura nos setores público e privado, realizando atividades de desenho, avaliação e execução de projetos.
  • Juntar-se à academia executando tarefas de pesquisa e ensino universitário.

Plano de estudos

O plano de estudo está estruturado em quatro módulos, compostos por disciplinas. A seguir, são apresentadas as disciplinas por cada um dos módulos.

  • MÓDULO 1: CURSOS BÁSICOS
MÓDULO 1: CURSOS BÁSICOS
# DISCIPLINAS
1 Ética nos negócios e Responsabilidade Social Corporativa
2 ISO 45001
3 Gestão Ambiental da Empresa: ISO 14001
4 Gestão da qualidade: ISO 9001
5 Topografia e materiais de construção aplicados
6 Estatísticas básicas
7 Mecânica dos Meios Contínuos (Fluidos)
8 Procedimentos de construção
9 Custos e Programas
10 Direção de Projetos
  • MÓDULO 2: CURSOS TRONCAIS
MÓDULO 2: CURSOS TRONCAIS
# DISCIPLINAS
1 Desenho de Pavimentos
2 Elementos Finitos
3 Geotecnia Aplicada
4 Hidrologia e Hidráulica
5 Dinâmica Estrutural
6 Engenharia Estrutural
7 Gestão Financeira de Projetos de Construção
8 Seminário de Pesquisa I
  • MÓDULO 3: CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO
MÓDULO 3: CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO: FINANCIAMENTO E GERENCIAMENTO DE INFRA-ESTRUTURAS
# DISCIPLINAS
1 Contratação Internacional de Projetos
2 Economia Aplicada e Fundamentos de Finanças
3 Economia e Finanças de Projetos de Participação Pública/Privada I
4 Economia e Finanças de Projetos de Participação Pública/Privada II
5 Marco Legal Internacional
6 Gestão Empresarial
7 Construção de Modelos Financeiros e Análise de Investimentos
8 Estudo de Casos - Experiências bem-sucedidas de projetos de financiamento de PPP
9 Seminário de Pesquisa II
MÓDULO 3: CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO: INFRAESTRUTURAS FERROVIÁRIAS
# DISCIPLINAS
1 Introdução às ferrovias
2 Infraestruturas Ferroviárias: Projeto, execução e manutenção
3 Material circulante: características, manutenção e novos avanços
4 Sistemas de sinalização e proteção ferroviária e sistemas avançados de controle de tráfego
5 Eletrificação ferroviária
6 Sistemas de telecomunicações e novas tecnologias
7 Ferroviário de alta velocidade e sistemas ferroviários urbanos
8 Exploração ferroviária
9 Seminário de Pesquisa II
MÓDULO 3: CURSOS DE ESPECIALIDADE: TRÁFEGO, TRANSPORTE E SEGURANÇA RODOVIÁRIA
# DISCIPLINAS
1 Tráfego e Segurança Viária
2 Planejamento e Gestão da Mobilidade Urbana Sustentável
3 Direção de Empresas de Transporte. Legislação internacional
4 Software Aplicado de Transporte e Segurança Rodoviária
5 Prevenção de acidentes de tráfego e pesquisa dos mesmos
6 Sistemas Inteligentes de Transporte
7 Implementação e certificação na norma internacional ISO 39001. Sistemas de Gestão de Segurança Rodoviária em Empresas e Organizações
8 Realização de auditorias de segurança rodoviária
9 Seminário de Pesquisa II
MÓDULO 3: CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO: BOT, METROS, BENS E FERROVIÁRIOS URBANOS
# DISCIPLINAS
1 Metros, bondes e ferrovias urbanas: planejamento, projeto e construção
2 Metrôs, bondes e ferrovias urbanas: projeto e montagem de trilhos e execução de obras civis
3 Material circulante: características, manutenção e novos avanços
4 Sistemas de sinalização e proteção ferroviária e sistemas avançados de controle de tráfego
5 Eletrificação ferroviária
6 Sistemas de telecomunicações e novas tecnologias
7 Integração ambiental dos projetos e obras de metrôs, bondes e ferrovias urbanas
8 Operação de metrôs, bondes e ferrovias urbanas
9 Seminário de Pesquisa II
  • MÓDULO 4: PROJETO FINAL
MÓDULO 4: PROJETO FINAL
# DISCIPLINAS
1 Projeto final

Nota: O conteúdo do programa acadêmico pode estar sujeito a pequenas modificações, dependendo das atualizações ou melhorias feitas.

Direção

Direção Acadêmica

  • Dr. Luis Dzul López. Doutor em Engenharia de Projetos: Meio Ambiente, Qualidade e Prevenção, pela Universidad Politécnica de Cataluña, Espanha. Mestrado em Engenharia pela Universidad Nacional Autónoma de México. Estudos Avançados de Engenharia de Projetos pela Universidad Politécnica de Cataluña. Engenheiro Civil pela Facultad de Ingeniería da Universidad Autónoma de Campeche, México. Especialista em projetos de Cooperação Internacional. Professor universitário on-line desde 2007. Também realiza atividades docentes nas áreas de Projetos e Engenharia da Universidad Internacional Iberoamericana (México).
  • Dr. Julio César Martínez Espinosa. Doutor em Engenharia Mecânica. Divisão de Estudos de Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia, Universidade Nacional Autônoma do México. Bacharel em Engenharia Elétrica Mecânica. Facultad de Ingeniería, Universidad Nacional Autónoma de México. Mestre em Engenharia Mecânica. Divisão de Estudos de Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia, Universidade Nacional Autônoma do México. Atualmente é coordenador de consultoria próprio nos projetos de engenharia, qualidade, ecotécnico, ambiental e de gestão. Com experiência de inspetor e especialista em processos e materiais petroquímicos em projetos relacionados à operação da PEMEX Exploração e Produção (PEP). Também como coordenador no projeto, implementação e auditoria dos Sistemas de Garantia da Qualidade. Professor e pesquisador da Faculdade de Engenharia da Universidade Autônoma de Campeche, Campeche Camp. & Universidad Mundo Maya Campus Campeche. Criador de projetos e publicações relacionadas a Energia e Tecnologia. Colaborou em conferências e apresentações sobre Engenharia, Energia, Desenvolvimento Sustentável, entre outros.

Professores e Autores

  • Dr. Juan Manuel Castanedo Galán. Doutor em Ciências do Mar pelo Departamento de Transporte e Tecnologia de Projetos e Processos da Universidade da Cantábria (1993). Licenciado pela Seção Náutica da Marinha Civil da Universidade da Cantábria (1989). Exerceu diferentes atividades administrativas e da sede (transporte, comunicações) de natureza pública e privada. Sócio fundador e gerente de projetos da Empresa CONCEPTUAL KLT e da Companhia Náutica de Fretamentos do Mar Cantábrico. Atual associado na área de Engenharia e Infraestrutura de Transporte. Experiência docente na área de Infraestrutura de Transportes. Professor da Graduação em Engenharia de Organização Industrial.
  • Dr. Jorge Crespo Álvarez. Doutor em Engenharia pela Universidade da Cantábria. Engenheiro Civil da Universidade Tecnológica de Havana José Antonio Echeverría, Cuba. Especialista em modelagem e simulação computacional. Sua carreira profissional está vinculada ao ensino, pesquisa, consultoria e engenharia nos setores público e privado nas áreas de matemática, estatística, engenharia de materiais e energia renovável. Possui experiência na coordenação de equipes e no gerenciamento e execução de projetos de pesquisa, vasta experiência no ensino, tanto pessoalmente quanto em ambientes virtuais de aprendizagem. Elaborou ou colaborou na criação de materiais educacionais para diferentes disciplinas e participou de inúmeros seminários, workshops e conferências. Igualmente, é autor ou coautor de várias publicações científicas.
  • Dr. Eduardo García Villena. Doutor em Engenharia de Projetos: Meio Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação pela Universidade Politécnica da Catalunha e Mestre em Engenharia Ambiental pela Universidade de León. Possui mais de vinte anos de experiência em ensino a distância, atuando por mais de 10 anos como Diretor do Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade da UNINI-MX. Dirigiu inúmeros projetos de dissertação de mestrado e possui diversas publicações sobre gestão ambiental na empresa. Da mesma maneira, participou de diferentes projetos para o Peru e a Guatemala.
  • Dr. Roberto Alvarez. Doutor pela Universidade Politécnica da Catalunha, em Engenharia de Projetos: Meio Ambiente, Qualidade, Segurança e Comunicação. Especialista/Mestre da Politécnica de Milão e da Universidade de Buenos Aires (UBA), em Gestão Estratégica de Design, Gerenciamento de Projetos e Design. Arquiteto pela UBA. Presidente da Associação de Gerenciamento de Projetos da Argentina e membro da International Project Management Association (IPMA). Avaliador principal do Organismo Certificador IPMA Argentina. Assessor Extraordinário, Presidente Livre em Economia Social e Mútua, Universidade Nacional de La Plata, Argentina. Membro do Comitê de Avaliação Acadêmica, Secretaria de Pós-Graduação e Relações Institucionais, FADU, UBA. Finalista no Prêmio IPMA LATNET Benefactor do Programa: Prêmios Regionais por Excelência em Projetos. Diretor Acadêmico da Área de Projetos da FUNIBER. Experiência na direção de tese de doutorado em Projetos, palestras, desenvolvimento de cursos de pós-graduação, participação em conferências e desenvolvimento de artigos acadêmicos. Experiência profissional de 20 anos em projetos de arquitetura na América e Europa.
  • Dra. Susana E. de León Aldaco. Doutor em Ciências em Engenharia Eletrônica pelo Centro Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CENIDET). Mestrado em Ciências em Engenharia Eletrônica pelo CENIDET. Desde o ano de 2017 até o presente, é professora de programas de pós-graduação na UNINI-MX. Conta com experiência de ensino de cinco anos em diferentes universidades e instituições no México (Universidade Tecnológica Emiliano Zapata, Universidade Internacional (UNINTER) e Instituto Tecnológico Tlalpan). Publicou vários relatórios sobre questões ambientais e sua relação com a eletrônica, além de ter dirigido e revisado inúmeros relatórios técnicos e trabalhos de pós-graduação, incluindo teses de doutorado.
  • Dr. José del Carmen Zavala Loria. Doutor em Ciências em Engenharia Química/Instituto Tecnológico de Celaya, Guanajuato, México. Mestrado em ensino de matemática com conclusão terminal em Educação Matemática pela Universidade Autônoma do Estado de Morelos. Mestre em Ciências da Educação pelo Instituto de Estudos Universitários, Associação Civil, Chiapas, México. Especialidade em Ensino de Matemática com Saídas Terminais em Educação Matemática e Computação Educacional, Universidade Autônoma do Estado de Morelos, México. Graduado em Processos Químicos, Especialidade em Processos Petroquímicos pela Universidade Autônoma do Carmen/Faculdade de Química, Campeche, México. Membro atual do Sistema Nacional de Pesquisadores.
  • Dr. Ramón Palí Casanova. Doutor em Engenharia e Tecnologia de Materiais, com ênfase em polímeros do Centro de Pesquisa em Química Aplicada do México. Mestrado em Física Aplicada na área de materiais. De 2017 até o presente, é professor de programas de pós-graduação na UNINI-MX, com mais de dez anos de experiência em pesquisa e ensino em diferentes institutos e universidades do México, como a Universidade Juárez Autónoma de Tabasco (UJAT) e a Universidad Autónoma del Carmen (UNACAR), entre outros. Realizou vários projetos de pesquisa para o setor de energia e petróleo, além de diferentes publicações científicas e apresentações em conferências.
  • Dr. Víctor Jiménez Argüelles. Doutor em Engenharia Industrial pela Universidade Politécnica da Catalunha (Espanha). Formado em Engenharia Civil pela Universidade Metropolitana Autônoma do México (México). Mestre em Engenharia de Construção pela Universidade Nacional Autônoma do México (México). Por 3 anos, foi responsável pela segurança e higiene do Projeto East Tunnel Emission. Assessor técnico da Câmara dos Deputados durante a construção do prédio da ASF. Participou ainda em diferentes conferências internacionais.
  • Dr. Carlos Eduardo Uc Ríos. Engenheiro de Comunicação e Eletrônica pela Universidade Autônoma de Campeche. Mestrado em Ciências, com especialização em telecomunicações pelo Centro de Pesquisa e Estudos Avançados do Instituto Nacional Politécnico (CINVESTAV-IPN), no México. Doutor em ciências em engenharia elétrica, com especialização em telecomunicações pelo Centro de Pesquisa e Estudos Avançados do Instituto Nacional Politécnico (CINVESTAV-IPN), no México. Foi professor-pesquisador da Faculdade de Engenharia da Universidade Autônoma de Carmen. Atualmente, é professor-pesquisador da Faculdade de Engenharia da Universidade Autônoma de Campeche e professor-pesquisador da Universidade Internacional Ibero-americana, em sua sede em Campeche, México. É certificado como Técnico de Gerenciamento de Projetos de Nível D pela Associação Internacional de Gerenciamento de Projetos do Organismo de Certificação (IPMA), Argentina. Experiência em planejamento de redes celulares de 4ª e 5ª geração, análise de cobertura, análise de capacidade, principalmente na parte sem fio (RF). Destacada participação em Oficinas, Seminários, Congressos. Autor e coautor de várias publicações científicas.
  • Dr. (c) Juan Carlos Gutiérrez Díaz-Velarde. Doutorando em Projetos pela Universidad Internacional Iberoamericana, Porto Rico. Graduado do Programa de Alta Direção de Empresa, IESE, Universidad de Navarra. Mestre em Direção Empresarial (MBA), Universidad Adolfo Ibáñez, Chile. Engenheiro Civil, Universidade de Cantábria. Mais de 37 anos de experiência profissional em cargos de gestão em empresas de prestígio internacional no setor da construção e ferroviário. Especialista iniciador e coordenador de grandes obras de engenharia, com uma vasta experiência na indústria ferroviária. Experiência comprovada na geração de novas oportunidades de negócio, com um impacto muito positivo nos resultados econômicos. Professor de Gestão de Projetos na Universidad Europea del Atlántico, Espanha. 
  • Dr. (c) Ivan Calvo Rubio. Doutorando em Projetos da Universidade Internacional Iberoamericana de Porto Rico e graduado em Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos, pela mesma universidade. MBA Executivo da ESEUNE Business School. Técnico Superior em Prevenção de Riscos no Trabalho (Segurança no Trabalho, Higiene e Ergonomia Industrial e Psicossociologia Aplicada). Engenheiro Civil na Universidade de Cantábria. Mais de 15 anos de experiência como Project Manager de grandes projetos de construção (acadêmicos, escritórios, hotéis, negócios) de gestão de equipes, compras, etc.; assim como a elaboração de relatórios de especialistas na área de construção e concessões. Desenvolveu a sua vida profissional na Espanha e em Angola.
  • Msc. Mikel Cerrada Larrauri. Mestre em Engenharia de Estradas, Canais e Portos pela Universidade da Cantábria. Engenheiro Civil da Universidade da Cantábria. Atuou como Pesquisador na área de Ferrovias dentro de um Grupo de Pesquisa em Sistemas de Transporte (GIST) da Universidade da Cantábria. Experiência como Engenheiro na empresa MCVALNERA (dedicada à Estratégia, Planejamento, Gestão de Projetos e Consultoria de Operações no setor de Portos, Transportes e Logística).
  • Ing. Diego García Archilla. Engenheiro Civil (1984). Conta de 34 anos de experiência em empresas de construção de clientes públicos e privados sob as funções de Direção e execução de Obras, Direção e coordenação de Projetos e Obras, Assessoria em Contratos de Obras e Concessões, Representante da Construtora (SACYR, UTEs de SACYR; etc.). Gestão comercial, monitoramento de certificação e controle de cobrança. Ministrou treinamento em conhecimento de obras e contratos de concessão. Formação contínua de pessoal técnico qualificado, gerentes de produção, chefes de obra e chefes de grupo de obras.
  • Ing. Roberto Miguel Martínez. Engenheiro Mecânico pela Universidade da Cantábria (2005). Mais de 9 anos de experiência em Engenharia de Desenho e Análise. Dois anos como parte da Diretoria do Departamento de Energia Nuclear do Centro de Tecnologia de Componentes (CTC-Espanha). Produziu diversas publicações científicas sobre mecânica, material compósito para pedestres, metodologia no projeto de componentes nucleares, avaliação de navios nucleares, personalização do barril ENUN 24P para o transporte de combustível queimado de alto consumo na China.
  • Ing. Ana María Calzada Meléndez. Engenheira Técnica em Obras Públicas pela Universidade da Cantábria. Licenciada em Engenharia de Recursos Energéticos pela Universidade da Cantábria. Possui certificação energética de edifícios existentes. Realizou diferentes cursos de treinamento complementares relacionados ao gerenciamento de obras, modelos digitais de terrenos em engenharia, prevenção de riscos ocupacionais na construção e Autocad. Atualmente, atua como engenheira de cálculo e projeto de contêineres de combustível nuclear usado no Centro Tecnológico de Componentes. Atuou nas áreas de engenharia em gás, certificações de energia, cálculo e projetos em diferentes empresas.
  • Ing. Luis Fernando Moreno Pombo. Engenheiro de Estradas, Canais e Portos da Universidade da Cantábria, com especialização no cálculo de estruturas. Participou de diferentes programas de gestão, controle e planejamento de obras, Métodos de Construção para Estruturas de Concreto e Combustível Nuclear. Conta com experiência em cálculo de estruturas e fundações de pontes, projetando e calculando componentes pré-moldados para obras civis e edifícios. Atualmente, trabalha na indústria nuclear, coordenando equipes multidisciplinares de engenharia, de cálculos mecânicos ou térmicos a cálculos nucleares.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.