Mestrado em Psicologia da Atividade Física e do Esporte

Apresentação do Programa

O Mestrado em Psicologia da Atividade Física e do Esporte é um programa acadêmico de pós-graduação com foco muito definido: fornecendo ferramentas e estratégias para ser competitivo no campo da psicologia aplicada ao esporte.

Com o objetivo de poder enfrentar esse mercado, foi criado o Mestrado em Psicologia da Atividade Física e do Esporte. Os alunos serão nutridos por conhecimentos-chave em todos os pontos centrais da psicologia da atividade física e do esporte, desde as últimas tendências na formação psicológica e aprimoramento da preparação mental, bem como nos elementos transversais que complementam a formação (tecnologias, nutrição, formação e planejamento esportivo). Além disso, os alunos receberão ambientes dinâmicos na modalidade e-learning para assimilação dos conteúdos, além de enriquecimento por meio de contato e debate com profissionais de nível superior.

O objetivo do Mestrado é fornecer conceitos, habilidades, estratégias e ferramentas para que os profissionais da atividade física e psicologia esportiva sejam capazes de planejar, desenvolver e avaliar adequadamente propostas de treinamento mental e psicológico, para garantir a qualidade final das tarefas profissionais no campo do esporte e assumir os compromissos éticos e de responsabilidade exigidos pela profissão.

A quem é dirigido

A metodologia de formação proposta, somada à clareza, amplitude e didática do desenho de conteúdo, permite direcionar o programa do Mestrado em Psicologia da Atividade Física e Esporte para:

  • Graduados em Atividade Física e Ciências do Esporte ou em carreiras relacionadas, interessados ​​em formação complementar e específica que lhes permita aprofundar, formar ou atualizar suas habilidades profissionais e ter um desempenho mais eficiente em seu cargo; ou que esses estudos ampliem suas possibilidades de inserção no trabalho; ou oferecer uma diferença qualitativa, dada a competitividade do ambiente profissional.
  • Graduados em psicologia, educação ou outros graus de bacharelado ou ciências da saúde que, além de sua formação básica, desejam uma especialização prática em psicologia da atividade física e esportes.
  • Outros graduados universitários com experiência profissional em atividade física e esporte com interesse em atualizar, consolidar ou adquirir seus conhecimentos para otimizar e melhorar o desempenho mental no contexto de esporte e atividade física.

Titulação

A conclusão bem-sucedida do programa permitirá a obtenção do Mestrado em Psicologia da Atividade Física e do Esporte.

Após a conclusão bem-sucedida do Programa, o aluno receberá o título emitido pela Universidade em que tenha se matriculado.

Estrutura do Programa

A duração estimada para a conclusão do Mestrado em Psicologia da Atividade Física e Esporte é de 24 meses.

Quanto à distribuição do tempo, é estabelecido que:

  • Sendo um programa de ensino a distância e não sendo sujeito a aulas presenciais, não é estabelecida uma data de início específica, para que o aluno possa formalizar a inscrição a qualquer momento, desde que haja vagas disponíveis.
  • O tempo máximo disponível para concluir o programa é de 24 meses. Nesse período, o aluno deve ter passado todas as avaliações correspondentes ao programa.

A estrutura de crédito do Mestrado em Psicologia da Atividade Física e Esporte é definida abaixo, de acordo com a orientação de seus créditos:

  CRÉDITOSa DURAÇÃONb
Fase prévia 10 1
Módulo 1: Psicologia Aplicada às Ciências do Esporte e da Atividade Física 16 5
Módulo 2: Rendimiento 11 3
Módulo 3: Saúde e Atividade Física 10 3
Módulo 4: Metodologia e Pesquisa 5 1
Módulo 5: Variáveis Psicológicas e Ferramentas para o Treinamento Psicológico 26 8
Módulo 6: Projeto Final 12 3
TOTAL 90 24

a. Um crédito ECTS (European Credit Transfer System) equivale a 10 + 15 horas. Se o aluno cursa o Programa matriculado em uma universidade não pertencente ao Espaço Europeu de Educação Superior (EEES), a relação entre créditos - horas, pode variar.
b. Duração em meses.

Objetivos

Objetivo general

  • Formar especialistas capazes de analisar, avaliar e projetar planos de intervenção que garantam desenvolvimento psicológico adequado, com foco em saúde e desempenho para atletas iniciantes, amadores e de alto desempenho.

Objetivos específicos

  • Analisar as variáveis ​​psicológicas mais determinantes no esporte de iniciação, treinamento, desempenho e saúde.
  • Identificar os métodos de intervenção psicológica mais apropriados no campo do esporte e atividade física.
  • Projetar uma programação e um planejamento corretos de treinamento psicológico em esportes de iniciação e alto desempenho.
  • Conhecer, aplicar e selecionar estratégias eficazes, válidas e confiáveis ​​e ferramentas de registro e avaliação para avaliação psicológica.
  • Analisar e desenvolver planos de intervenção para a prevenção e reabilitação de lesões do campo da psicologia aplicada à atividade física e ao esporte.

Saídas Profissionais

Algumas das oportunidades profissionais do Mestrado em Psicologia da Atividade Física e Esporte são as seguintes:

  • Psicólogo de esportes e atividade física.
  • Psicóloga de esportes e atividades físicas em federações, entidades e clubes esportivos.
  • Assessor em intervenção, iniciação esportiva e centros técnicos.
  • Especialista em intervenções de centros esportivos de alto rendimento.
  • Assessor/especialista em intervenção, em gabinetes e centros de saúde.
  • Formador em áreas básicas, atividade física, saúde e desempenho esportivo.
  • Especialista em planejamento, educação, avaliação, diagnóstico e intervenção no contexto esportivo.

Nota: O exercício das profissões regula-se pela legislação de cada país.

Plano de estudos

  • FASE PRÉVIA

É importante que os profissionais envolvidos tenham o conhecimento essencial em todos os pontos centrais da psicologia e das ciências da atividade física e do esporte. A fase preliminar que permite os alunos obter um nivelamento de conhecimentos prévios que facilita o uso adequado de formação especializada. No entanto, os estudantes que podem creditar esse conhecimento não devem cursar.

  • MÓDULO 1: PSICOLOGIA APLICADA A ESPORTES E CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA

Este módulo aprofunda-se no papel que a psicologia desenvolve na atividade física e no esporte, analisando as relações entre essas ciências e a importância das emoções e do desenvolvimento maturacional para um desenvolvimento correto no nível físico e esportivo.

As disciplinas e créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

MÓDULO 1: PSICOLOGÍA APLICADA A LAS CIENCIAS DEL DEPORTE Y DE LA ACTIVIDAD FÍSICA
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Psicologia dos Grupos 6
2 Inteligência Emocional 5
3 Psicologia da Atividade Física e da Saúde na Infância e a Adolescência 5
TOTAL 16
  • MÓDULO 2: RENDIMIENTO

Este módulo coleta os aspectos mais relevantes do planejamento da formação e as bases fisiológicas que dão origem a aspectos relacionados ao movimento, com o objetivo de entender como o dia-a-dia de um atleta está organizado e o papel que desempenham os mecanismos motores e neurológicos em relação ao comportamento.

As disciplinas e créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

  • MÓDULO 3: SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA

Este módulo presta atenção aos aspectos mais relacionados à saúde física e psicológica dos atletas, para dar visibilidade e saber trabalhar com as populações que normalmente recebem menos atenção no esporte.

As disciplinas e créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

MÓDULO 3: SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Prevenção e Readaptação de Lesões no Esporte 5
2 Aspectos Psicológicos, Saúde, Mulher e Esporte Inclusivo 5
TOTAL 10
  • MÓDULO 4: METODOLOGIA E PESQUISA

Este módulo determina os aspectos fundamentais das técnicas e etapas do método científico, o processo de pesquisa, os critérios estatísticos para o processo de pesquisa e o desenvolvimento do relatório final.

As disciplinas e créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

MÓDULO 4: METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Metodologia da Pesquisa Científica 5
TOTAL 5
  • MÓDULO 5: VARIÁVEIS PSICOLÓGICAS E FERRAMENTAS PARA O TREINAMENTO PSICOLÓGICO

Este módulo apresenta quais são as variáveis mais relevantes ao trabalhar em nível psicológico no contexto esportivo e quais são as ferramentas ou estratégias disponíveis para responder às necessidades do atleta e das equipes esportivas.

As disciplinas e créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

MÓDULO 5: VARIÁVEIS PSICOLÓGICAS E FERRAMENTAS PARA TREINAMENTO PSICOLÓGICO
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Técnicas de Direção de Equipes Esportivos 5
2 Técnicas de Comunicação Interpessoal 5
3 Mindfulness e Coaching 5
4 Psicologia do Esporte 6
5 Assessoramento e Psicologia do Corpo Técnico, Juízes Esportivos e Família 5
TOTAL 26
  • MÓDULO 6: PROJETO FINAL

A última parte do Mestrado destina-se à conclusão do Projeto Final do Mestrado, que pode ser iniciado antes do final do módulo Variáveis ​​Psicológicas e Ferramentas para o Treinamento Psicológico, pois nesse momento o aluno terá os elementos desenvolvidos necessários para iniciar o Projeto Final de Mestrado.

O objetivo é apresentar um documento completo que mostre o desenvolvimento total do projeto proposto, contemplando a possibilidade de sua execução concreta de acordo com as diretrizes e detalhes do Projeto Final de Mestrado apresentado.

O Projeto deve ser uma contribuição para alguns dos campos estudados ou para seu relacionamento, tanto teóricos quanto aplicados, e respeitando as doutrinas, teorias e disciplinas relacionadas.

O aluno deve desenvolver seu Projeto Final de acordo com os Regulamentos do Projeto Final.

Os créditos que compõem o módulo são mostrados na tabela a seguir:

Módulo 6: PROJETO FINAL DE MESTRADO
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Trabalho Final de Mestrado 12
TOTAL 12

Nota: O conteúdo do programa acadêmico pode estar sujeito a pequenas modificações, dependendo das atualizações ou melhorias feitas.

Direção

  • Dr. Maurizio Antonio Battino. Diretor da Área de Saúde e Nutrição da Fundação Universitária Iberoamericana. Pesquisador em Bioquímica e docente da Scuola di Specializzazione in Scienza dell'Alimentazione.

Coordinación General Académica

  • Dr. Abel Nogueira López. Coordenador do programa.
  • Dr. Álvaro Velarde Sotres. Coordenador Internacional da Área de Esporte.
  • Dra (c). Irma Domínguez. Coordenadora Internacional da Áreas de Saúde.

Professores e Autores

  • Dra. Mariacarla Martí González. Doutora candidata em Educação pela Universidad de Zaragoza. Mestrado em Educação pela Universidad de las Artes, Cuba. Graduada em Psicologia e Pedagogia das Artes.
  • MSc. Maricel Alba Rebollar Sánchez. Mestre em Educação pela Universidad Pedagógica “Enrique José Varona” de La Habana. Graduada em Psicologia pela Universidad de La Habana.
  • Mtra. Arlette Guadalupe Zárate Cáceres. Mestre em Administração Educativa com acentuação em Educação Básica. Graduada em Psicologia e Especialista em Psicologia pea Sociedad Mexicana Forense.
  • Dr (c). Martín Barcala Furelos. Doctor candidato en Actividad Física, Educación Física y Deporte. Maestría universitario en Lingüística Aplicada a la Enseñanza del Español.
  • Dra. (c) María Eugenia Luna Borgaro. Doutora candidata do programa de Educação da Universidad Internacional Iberoamericana México (UNINI). Mestre em Direção de Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento.
  • Dr. Santiago Tejedor Calvo. Doutor em Engenharia de Projetos e Doutor em Jornalismo e Ciências da Comunicação. Mestre em Comunicação e Educação pela Universidad Autónoma de Barcelona (UAB).
  • Dra. (C) Yini Mirò Vera. Doutora candidata de Gestão e Direção de Projetos da Universidad Internacional Iberoamericana México (UNINI). Mestre em Desenho Gestão e Planejamento de Projetos de Arquitetura e Urbanismo.
  • Dra. María de los Ángeles González García.Doutora em Psicologia da Saúde e Psicologia do Esporte. Mestre em Investigação em Psicologia da Saúde e Psicologia do Esporte.
  • Dra. Silvia Quer Palomas. Doutora em Psicologia Clínica e da Saúde. Professora da Univ. Internacional Iberoamericana.
  • Dra. (c) María Fernanda Figueroa Calderón. Doutora candidata em Atividade Física e Esporte. Mestrado em Direção Estratégica Esportiva. Graduada em Gerência esportiva e Graduada em Administração de Negócios.
  • Dra. Andrea Corrales Pardo. Doutora em Fisiologia e Farmacologia. Professora da Universidad Europea del Atlántico.
  • Dra. Eva Montero Domínguez. Doutora em Psicologia Clínica e da Saúde. Mestrado em Psicologia da Atividade Física e do Esporte.
  • Dr. Antonio Jesús Bores Cerezal. Doutor em Ciências da Atividade Física e do Esporte. Preparador físico profissional e professor na Universidad Europea del Atlántico.
  • Dr. Alberto Jorge Acosta. Professor associado da Escola de Alta Direção e Administração, EADA, e a Universidad Politécnica de Cataluña. Consultor Internacional.
  • Dr. (c) Wánderson Cássio Oliveira Araujo. Professor da Universidade Federal de Rondônia. Professor da Universidad Internacional Iberoamericana - UNINI.
  • Lic. Niurka Y. Cabrera. Especialista em Telecomunicações e Liderança Empresarial.
  • Dra. Amelia Cristina Stein. Doutora em Ciências da Atividade Física e do Esporte. Professora da Universidad Internacional Iberoamericana.
  • Dr. Alfonso Salguero del Valle. Doutor em Ciências da Atividade Física e do Esporte. Professor da Universidad de León.
  • Dra. Sara Márquez Rosa. Catedrática da Área de Educação Física e Esportiva da Universidad de León.
  • Dra. Susana Martínez. Doutora em Biologia. Professora da Universidad de León.
  • Dra. Priscilla Almeida de Souza. Doutora em Biomedicina pela Universidad de Zaragoza. Graduada em Nutrição Humana e Dietética e Especialista em Nutrição Esportiva pelo Centro Universitário de Belo Horizonte.
  • Dr. Carlos Lago Fuentes. Doutor em Ciências do Esporte, Educação Física e Atividade Física Saudável. Mestre em Investigaçação em Atividade Física, Esporte e Saúde.
  • Dr. Abel Nogueira López. Doutor em Ciências da Atividade Física e Esporte. Pós-graduação em Inovação e Investigação em Ciências da Atividade Física e Esporte. Graduado em Psicologia.
  • Dr. David Casamichana Gómez. Doutor em Ciências da Atividade Física e do Esporte. Professor da Universidad Europea del Atlántico.
  • Dra. Laura Natalia Pérez Pérez. Doutora em psicologia. Mestrado em Ciências Cognitivas e Linguagem.
  • Dr. Vladimir Vega. Doutor em Ciências Econômicas. Mestre e Especialista em Gestão de Empresas Turísticas.
  • Dr. Enrique Garcés de los Fayos. Doutor em Psicologia. Professor do Departamento de Personalidade, Avaliação e Tratamento Psicológico da Universidad de Murcia.
  • Dr. Aurelio Olmedilla Zafra. Doutor em Psicologia. Professor da Faculdade de Ciências do Esporte da Universidad Católica San Antonio de Murcia..
  • Dr. Cristian Abelairas. Doutor em Investigação em Atividade Física, Esporte e Saúde. Professor da Universidad Europea del Atlántico.
  • Dr. Maurizio Antonio Battino. Diretor da Área de Saúde e Nutrição da Fundação Universitária Iberoamericana. Pesquisador em Bioquímica e docente de la Scuola di Specializzazione in Scienza dell'Alimentazione.
  • Dr. Álvaro Velarde Sotres. Doutor e Pesquisador em Ciências do Esporte. Mestre em Prevenção e Readaptação de Lesões Esportivas. Professor na Universidad Europea del Atlántico.
  • Dra. Irma Domínguez Azpíroz. Doutora candidata em Educação. Mestre Internacional em Nutrição e Dietética e Mestre em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva. Nutricionista.
  • Dr. Pedro Zayas. Doutor em Ciências Psicológicas. Professor Auxiliar e Pesquisador do Centro de Estudos de Gestão Empresarial da Universidad de Holguín.
  • Dr. Valentín Emilio Fernández Elías. Doutor em Ciências da Atividade Física e da Saúde. Professor na Universidade Europeia de Madrid.
  • Dra. Montserrat González Gómez. Doutora em Ciências da Saúde Pública. Professora na Universidad de Guadalajara e na Universidad del Valle de México.
  • Dra. Alejandra María Corona Romero. Doutora em Ciências da Saúde Pública. Professora na Universidad de Guadalajara.
  • Dra. Lourdes Souto Anido. Doutora em Administração de Empresas. Professora na Universidad de la Habana.
  • Dra. Rocío Martínez Regueiro. Doutora em Neurociência e Psicologia Clínica. Professora de Psicología Fisiológica na Universitat Oberta de Catalunya.
  • Dr. Juan González Hernández. Doutor em Psicologia Clínica e da Saúde. Professor da Universidad de Granada.
  • Msc. José Manuel Bustamante Castaño. Mestre em Análise Funcional em Contextos Clínicos e da Saúde e Especialista em Terapias de Terceira Geração / Terapias Contextuais. Graduado em Psicologia.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.